A nova Carteira Nacional de Habilitação (CNH) começará a ser emitida a partir desta quarta-feira. O modelo, mais atualizado, terá um layout criado para facilitar o trânsito de condutores brasileiros em países estrangeiros. O documento virá com traduções em inglês e espanhol, além de pictogramas ilustrando as categorias de habilitação. O modelo atual do documento continua valendo até a data de vencimento. A troca se dará gradualmente conforme os condutores forem renovando ou emitindo segundas vias.

As modificações trazidas pela Resolução 886/2021, do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), incluem também a possibilidade de inserção do nome social e filiação afetiva no documento, em acordo com a legislação vigente, que garante o direito a pessoas trans e travestis, além de reconhecer todos os modelos de família.

Além dessas mudanças, a nova CNH foi feita com alterações visuais, o que inclui reposicionamento de campos, e inclusões de novos dados e contará com padrões de segurança contra falsificações, como o uso de tinta que brilha no escuro, holograma e impressão reativa à luz ultravioleta. Também conterá um código MRZ (Machine Readable Zone ou Zona Legível por Máquina), o mesmo usado em passaportes.

Na frente, haverá a inclusão da letra P para condutores que estão na fase da Permissão para Dirigir (primeiro ano de habilitados), ou D para motoristas que já possuem a CNH definitiva.

Comentários