SURGE NOVA ESTRELA NA CAMPANHA À REELEIÇÃO DE BOLSONARO

A campanha de Jair Bolsonaro à reeleição ganhou uma aliada de peso. A presença da primeira-dama, Michelle Bolsonaro, será cada vez mais frequente. Na sexta-feira, ela não somente acompanhou o marido em viagem ao Rio Grande do Sul, mas também discursou brevemente ao lado dele em Bagé.

E não é à toa. Reportagem do jornal Folha de São Paulo mostrou recentemente que uma maior presença de Michelle foi orientada pelo comando de campanha de Bolsonaro. Esse núcleo passou a defender sua maior participação  como forma de diminuir a rejeição entre o eleitorado feminino. Segundo a Folha, a avaliação é de que Michelle é carismática e pode ajudar a “humanizar” a imagem do chefe do Executivo.

De fato, a estratégia tem razão de ser. Basta lembrar da cerimônia de posse de Bolsonaro, em 2019, quando o discurso de Michelle em Libras roubou a cena, trazendo humanidade e sendo acolhido por boa parte dos eleitores. Além disso, vale lembrar que Michelle atua, não de hoje, em projetos de caridade e defende pautas ligadas à causa de doenças raras, além da inclusão de pessoas com deficiência.

Em Bagé, o repórter Fábio Schaffner acompanhou a agenda do presidente e observou à coluna a presença da primeira-dama, destacada pelo chefe do Executivo. Eles visitaram obras da unidade de radioterapia da Santa Casa de Caridade. Bolsonaro anunciou assim a presença da primeira-dama:

— Satisfação de estar aqui em Bagé novamente, agora acompanhado pela primeira-dama. É a primeira vez que ela sai comigo, vindo de Brasília, e com toda a certeza ela me acompanhará outras vezes. Com toda certeza. Isso abrilhanta o evento e nos traz mais tranquilidade — afirmou.

Na sequência, Michelle falou ao público:

— Queria agradecer o carinho, agradecer o apoio de todos. Prefeito, muito obrigada. É sempre muito bom participar de de entregas como essa (a agenda era relacionada a obras da unidade de radioterapia da Santa Casa), que traz dignidade e cidadania para o nosso povo. Muito obrigada pelo carinho, pelas orações e pelo apoio — destacou.

Em seguida puxou o coro junto à plateia, dizendo: — Brasil! Ao que os presentes responderam: — Acima de tudo. E finalizou com: — E Deus?  — Acima de todos.

Mais cedo, em Pelotas, Bolsonaro também destacou a presença da primeira-dama no palco, com direito a beijo na esposa e aplausos da plateia.

 

Comentários