SE REELEITO BOLSONARO MANTERÁ PAULO GUEDES

Guedes alerta Bolsonaro sobre tentações de abandonar agenda fiscal - O PETRÓLEO - O Seu Portal de Notícias atualizado

O presidente Jair Bolsonaro (PL) afirmou nesta segunda-feira (11) que o ministro da Economia, Paulo Guedes, deve ser mantido no cargo caso ele seja reeleito em outubro. O chefe do Executivo afirmou que pretende realizar “pequenas alterações” em sua equipe, mas não deve mudar a gestão da área econômica.

Paulo Guedes entrou no cargo como ‘superministro’, mas foi perdendo influência com o passar do tempo. Em 2021, o Ministério do Trabalho e da Previdência, cujas atribuições tinham sido delegadas à pasta da Economia, foi recriado.

Em entrevista a um podcast, o presidente declarou que está satisfeito com as ações do ministro. “Eu não tenho críticas a nenhum ministro no momento. Logicamente vamos fazer pequenas alterações. O Paulo Guedes foi fantástico na pandemia. Não sei como o Brasil estaria se não fosse a firmeza dele. Imagina o ministro Palocci numa pandemia dessa. Ele tem muito crédito. Tem que ver se ele vai querer continuar também, como qualquer ministro. A princípio ele continua sim, sem problema nenhum”, disse Bolsonaro.

Bolsonaro vai concorrer à reeleição pelo PL, de Valdemar Costa Neto. Ele aparece em segundo lugar nas pesquisas eleitorais. Um dos maiores entraves para suas pretensões políticas é a alta da inflação, que subiu 11,30% nos últimos 12 meses.

Comentários