SÃO 239 MUNICÍPIOS EM SITUAÇÃO DE EMERGÊNCIA

Estiagem no RS provoca prejuízos de até R$ 7,5 bilhões

Com a estiagem prolongada, já são 239 os municípios gaúchos que decretaram situação de emergência, conforme levantamento da Defesa Civil. Entre as prefeituras que recorreram à medida, 108 já tiveram seus decretos homologados pelo Estado. Destas, 56 tiveram a situação reconhecida pela União.

O decreto de emergência é usado quando a região enfrenta algum tipo de desastre que comprometeu parcialmente sua capacidade de resposta. A aprovação do documento nas esferas estadual e federal é requisito para que as prefeituras recebam benefícios de ajuda humanitária. Também é necessária para agricultores e pecuaristas do município refinanciarem os seus débitos referentes a financiamentos agrícolas. 


Taquari está entre os municípios que anunciaram ter decretado situação de emergência nesta quinta-feira. A região sofre com a estiagem desde outubro passado e, de acordo com a prefeitura, 42 famílias solicitaram água para consumo humano e manutenção da produção agrícola. Em Taquara, que também emitiu decreto, as perdas já chegam a R$ 56 milhões. 


Em Vera Cruz, que apresentou decreto na quarta-feira, um laudo técnico elaborado pela prefeitura, pelo Sindicato dos Trabalhadores Rurais na Agricultura Familiar e pela Emater/RS-Ascar apontou prejuízos de mais de R$ 12 milhões, sendo R$ 5,9 milhões apenas na produção de milho em grão.

Comentários