RECEITA FEDERAL E A RESTITUIÇÃO DO IMPOSTO DE RENDA

A Receita Federal abriu nesta terça-feira consulta ao lote residual de restituição do IRPF 2021 (Imposto de Renda de Pessoa Física) do mês de novembro. Esse lote também tem restituições residuais de exercícios anteriores. Serão contemplados 260.412 contribuintes, entre prioritários e não prioritários. O valor total do crédito é de R$ 450 milhões.

O pagamento da restituição será por meio de crédito bancário no dia 30 de novembro. Do total, R$ 179.055.455,43 referem-se ao quantitativo de contribuintes que têm prioridade legal, sendo 4.623 contribuintes idosos acima de 80 anos, 37.928 contribuintes entre 60 e 79 anos, 3.751 contribuintes com alguma deficiência física ou mental ou moléstia grave e 14.442 contribuintes cuja maior fonte de renda seja o magistério. Foram contemplados ainda 199.668 contribuintes não prioritários que entregaram a declaração até o último dia 9 de novembro.

Como fazer a consulta

Para saber se a restituição está disponível, o contribuinte deve acessar a página da Receita neste link, selecionar em “Meu Imposto de Renda” e, em seguida, em “Consultar a Restituição”.

A página apresenta orientações e os canais de prestação do serviço, permitindo consulta simplificada ou completa da situação da declaração, por meio do extrato de processamento, acessado no e-CAC. Se identificar alguma pendência na declaração, o contribuinte pode retificar a declaração, corrigindo as informações que porventura estejam equivocadas.

A Receita disponibiliza, ainda, aplicativo para tablets e smartphones que possibilita consultar diretamente nas bases da Receita Federal informações sobre liberação das restituições do IRPF e a situação cadastral de uma inscrição no CPF.

Comentários