PANDEMIA COM REGRAS DE TRANSIÇÃO PARA O ESTADO

O governo do Estado do Rio Grande do Sul criou uma regra de transição para dar tempo de adequação às novas exigências, especialmente relacionadas à vacinação. Na noite desta quinta-feira, o governo anunciou as mudanças e flexibilizações nos protocolos de combate à Covid-19.

Ao invés de adotar imediatamente as novas regras, que a partir deste 1° de outubro alteram e ampliam o público de ocupação em estádios, feiras e eventos, os empreendimentos poderão permanecer utilizando os protocolos anteriores. As normas valem até o dia 17 de outubro. 

Ao optarem pela regra de transição, os estabelecimentos devem seguir os protocolos do decreto de 3 de setembro. A taxa de ocupação não pode ser alterada pelos novos protocolos. 

Casas noturnas, bailes, eventos sociais e festas infantis que quiserem abrir pista de dança deverão obrigatoriamente pedir comprovação de vacinação. Além disso, também deverão exigir testagem caso tenham público de 401 a 800 pessoas, assim como eventos corporativos com público de 2.501 a 10 mil pessoas.

Os novos protocolos e suas exigências passam a ter aplicação obrigatória a partir de 18 de outubro.

Cronograma para exigência de vacinação:

40 anos ou mais: esquema vacinal completo a partir de 1º de outubro.

30 a 39 anos: primeira dose ou dose única de 1º a 31 de outubro e esquema vacinal completo a partir de 1º de novembro.

18 a 29 anos: primeira dose ou dose única de 1º outubro a 30 novembro e esquema vacinal completo a partir de 1º de dezembro.

Comentários