CAXIAS DO SUL TEM PREJUIZO DE R$46,8 MILHÕES

Temporal deixa 450 desabrigados em Vila Oliva, distrito de Caxias do Sul -  Prefeitura de Caxias do Sul

A estimativa de perdas na atividade agrícola de Caxias do Sul em razão do temporal de segunda-feira (20) é de R$ 46,8 milhões, valor apurado junto a aproximadamente 50 propriedades localizadas nos distritos de Vila Oliva e Santa Lúcia do Piaí. Especificamente nas culturas, os danos superam os R$ 44,7 milhões e, em estruturas, como telas antigranizo, estufas e galpões, dentre outras, é de quase R$ 2,1 milhões. Os dados, que ainda não são definitivos, foram apresentados na tarde desta quinta-feira (23) durante reunião do grupo de secretários responsável por levantar os danos do temporal e dar encaminhamento à elaboração do decreto de emergência.

De acordo com o levantamento da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Smapa), em conjunto com o escritório municipal da Emater, os maiores prejuízos nas safras se concentram em Vila Oliva, com cifra superior a R$ 41 milhões. Em Santa Lúcia, o cálculo é de R$ 3,7 milhões. A maior parte das perdas estruturais também está concentrada em Vila Oliva, com quase R$ 1,7 milhão. Em Santa Lúcia, chegou a pouco mais de R$ 450 mil.

O secretário Rudimar Menegotto assinalou que os prejuízos podem ser ainda maiores, porque os danos prejudicarão as safras futuras, especialmente a do próximo ano. Além disso, os técnicos devem concluir nesta sexta-feira o levantamento em outras 30 propriedades em Vila Oliva, Santa Lúcia e, também, em Galópolis, que teve registros de danos na 2ª e 4ª Léguas. Segundo Menegotto, em várias propriedades as perdas chegaram a 100%.

Comentários