PODE FALTAR VACINAS / PREFEITURA PUBLICA NOVOS EDITAIS

Algumas cidades do Rio Grande do Sul devem enfrentar desabastecimento de vacinas da AstraZeneca nos próximos dias, admitiu a Secretaria Estadual da Saúde (SES). O motivo se dá em razão do atraso no envio de doses pela Fiocruz, que produz o imunizante no Brasil. 

Ministério da Saúde: Estados que não seguem PNO podem ter falta de doses de vacina contra Covid-19

Documento publicado nesta segunda-feira (13) informa que doses de AstraZeneca foram distribuídas conforme planejado. A entrega de mais 62 milhões de doses da Astrazeneca estão previstas para ainda este ano, o que garantiria a segunda dose para toda a população, segundo a pasta. Desde o início da campanha, em 17 de janeiro, 259,4 milhões de doses de vacinas contra a Covid-19 foram distribuídas aos estados. Cerca de 86% dos adultos acima de 18 anos já receberam a primeira dose, o que corresponde a 137,7 milhões de pessoas, e 45,4% estão com o esquema vacinal completo, o que equivale a 72,7 milhões de brasileiros, conforme dados do ministério. A AstraZeneca é a vacina mais aplicada no Brasil.

Depois de interromper temporariamente a entrega de novas doses da vacina da AstraZeneca por falta de insumos, a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) volta a distribuir o imunizante ao Ministério da Saúde. O primeiro lote está passando pelo controle de qualidade e deve ser entregue nesta terça-feira.

VERANÓPOLIS EDITA NOVOS DECRETOS DA PAMDEMIA

A Prefeitura de Veranópolis, por meio do Decreto Executiva nº 6.996, de 13 de setembro de 2021, recepciona o plano de ação regional da AMESNE – Associação dos Municípios da Encosta Superior do Nordeste, com vista ao enfrentamento da Covid-19.

  • Confira nos anexos.
ARQUIVOS
PARA DOWNLOAD

Comentários