COVID: RS TEM QUEDA EM 33,8% DE INTERNADOS

RS atinge o maior número de internados com covid-19 em UTIs desde o início  da pandemia | GZH

Com 820 pacientes com diagnóstico confirmado para o novo coronavírus, as internações em Unidades de Terapia Intensiva (UTI) registravam no início da noite desta sexta-feira o menor patamar desde 10 de fevereiro, quando havia 802 pessoas em estado grave no Rio Grande do Sul. Em relação a 15 dias atrás, quando a Secretaria Estadual da Saúde (SES) contabilizou 1.240 casos graves relacionados à doença, a redução é de 33,87%, ou seja, 420 casos a menos. 

Com um total de 2.184 internações envolvendo todas as doenças, a taxa de ocupação de leitos UTI era de 64,4% – com 1.206 leitos livres. Na Capital, as internações nos hospitais também apresentaram queda em relação ao dia anterior, com 670 pacientes em estado grave e taxa de ocupação geral de 76,4%. Na véspera, eram 692. Os casos confirmados e suspeitos para o novo coronavírus totalizaram 182, ou seja, 7 a menos do que no dia anterior. 

O Estado registrou hoje mais 44 mortes por conta da Covid19-, elevando o total para 33.289. Conforme a SES, foram confirmados mais 1.827 casos positivos para a Covid-19, totalizando 1.363.467 desde o início da pandemia.

VERANÓPOLIS REGISTRA APENAS 2 INTERNADOS

Veranópolis registrou no dia de ontem, sexta-feira o menor número de pessoas internadas por Coronavirus (covid 19) no hospital São Peregrino Lazziozi, quando apenas duas pessoas estão sob cuidados. Outras duas pessoas estão internadas em outros cidades: Taquara e Bento Gonçalves.

Até ontem, 30 de julho, 14 pessoas tiveram resultado positivo para o coronavírus, das quais 12 realizaram os testes na Unidade Sentinela e 02 realizaram teste de antígeno na rede privada (referente ao dia 29/07), sendo que todos estão em isolamento domiciliar junto a seus familiares.
Mais 79 pessoas que realizaram o teste tiveram resultado negativo para o novo coronavírus e outros 14 casos são considerados curados. Na mesma data são contabilizados 144 casos ativos no município.

Comentários