CÂMARA APROVA NOVO SALÁRIO

Reajuste começa ser pago para quem ganha ACIMA de um salário mínimo

A Câmara dos Deputados aprovou nesta quinta-feira o projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias para 2022 com o valor do salário mínimo de R$ 1.147 para o ano que vem. Atualmente, o valor é de R$ 1.100. O reajuste segue as regras constitucionais de correção do valor pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC). O texto segue agora para análise dos senadores. 

A proposta havia sido aprovada no final da manhã pela Comissão Mista de Orçamento e, em seguida, foi submetida à Câmara. Se a LDO for aprovada pelo Senado, o Congresso pode entrar em recesso entre os dias 18 e 31 de julho, conforme estabelece a Constituição. 

Além do salário mínimo, o relatório do deputado Juscelino Filho (DEM-MA) manteve as estimativas do governo para a economia no ano que vem: inflação de 3,5%, crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) de 2,5% e taxa básica de juros média de 4,7%. No entanto, o relator afirmou considerar os parâmetros macroeconômicos conservadores, diante da expectativa de reaquecimento da economia. 

GOVERNO DO ESTADO PROPÕE REAJUSTE DO SALÁRIO MÍNIMO REGIONAL

O projeto de lei do governo estadual que prevê reposição de 2,73% para o salário mínimo regional chegou, nesta quinta-feira, à Assembleia Legislativa. O índice sugerido é cinco vezes menor que o solicitado pelas centrais sindicais, de 13,79%.

O texto estabelece R$ 1.270,92 como o valor da menor faixa. Já a maior sobe para R$ 1.610.61. De acordo com o Palácio Piratini, o percentual equivale a 50% da variação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) de 2020. O pagamento da diferença deve ser retroativo a 1º de fevereiro deste ano.

Comentários