PREFEITOS DA REGIÃO SE REUNEM PARA ADOTAR NOVAS REGRAS PARA COBATE À PANDEMIA

AMESNE - Associação dos Municipios da Encosta Superior do Nordeste

Prefeitos, associações regionais e integrantes dos comitês regionais da região Covid de Caxias do Sul participaram, nesta sexta-feira, de alinhamento com a equipe técnica do governo do Estado para discutir as ações de enfrentamento à pandemia. A reunião ocorreu por videoconferência. Encontros específicos com as regiões estão ocorrendo desde a semana passada, na medida em que o monitoramento diário de dados, feito pelo GT Saúde e pelo GT Protocolos, concluiu que as medidas adotadas nas regiões com Alerta dentro do Sistema 3As de Monitoramento não estão sendo suficientes para frear o contágio. As reuniões estão sendo coordenadas pela secretária da Saúde, Arita Bergmann, com participação do secretário Luiz Carlos Busato (Articulação e Apoio aos Municípios) e do procurador-geral de Justiça, Marcelo Dornelles. “O plano de Ação da região é um bom plano, mas ainda precisa de alguns detalhamentos, que serão encaminhados na próxima semana em reunião do comitê técnico regional com os prefeitos. É importante que todos compreendam que os planos são regionais e devem ser seguidos por todos os municípios. Observamos que os prefeitos estão comprometidos em fazer a mudança dos indicadores de saúde e, com isso, esperamos retornar o mais breve possível à melhor situação da região da Serra”, destacou a secretária Arita. A região de Caxias do Sul está com Alerta desde 26 de maio. Na última semana, a região apresentou incidência de 308,5 casos confirmados por 100 mil habitantes, aumento de 18,7% frente à semana anterior. De acordo com os dados, é a 12ª maior incidência do Estado, e 14,6% superior à média estadual. Devido ao potencial econômico da Serra, a região demonstrou que pretende trabalhar com classificação de risco das atividades que oferecem mais chance de contágio e de transmissão pelo coronavírus. Ainda, de acordo com o governo, ela planeja exigir a assinatura, por parte dos estabelecimentos, de um termo de responsabilidade. Assim, os estabelecimentos comerciais estarão se responsabilizando pelo cumprimento dos protocolos obrigatórios de distanciamento e de higiene exigidos pelo Sistema 3As de Monitoramento.

ESTADO TERÁ MAIS LOCAIS DE PEDÁGIO

Estudo elaborado pelo governo do Rio Grande do Sul sobre os investimentos que serão feitos nas estradas gaúchas apontou a necessidade de 22 praças de pedágio. Atualmente existem 12 praças sob a gestão da Empresa Gaúcha de Rodovias.  O levantamento indicou ainda que não haverá mais um valor único nas tarifas de pedágios. Os preços só serão conhecidos em leilão. Além disso, o levantamento leva em conta o perfil de cada trecho e a localização de cada praça de pedágio para a definição dos valores a serem pagos.  Um estudo do Banco Nacional de Desenvolvimento (BNDES) indicou valores máximos e mínimos, baseados nas características de cada rodovia. Se a estrada conta com mais trechos simples que duplicados, a tarifa será 30% menor do que a tarifa de pista dupla. No caso inverso, o preço será mais alto.  A base do cálculo definiu um valor fixo de pedágio para todas as praças de cada bloco, somado a isso, acrescentou um valor variável. Este ponto está atrelado ao trecho de cobertura da praça de pedágio (TCP), que é diferenciado entre pista simples e dupla, resultando na média financeira do trecho.  

NO RIO DE JANEIRO BOLSONARO É RECEBIDO POR EMPRESÁRIOS

Presidente Bolsonaro não virá mais a Joinville | ND

Em almoço com empresários do Rio nesta quinta-feira, o presidente da República, Jair Bolsonaro, mostrou preocupação com a inflação e pediu para mercadistas segurarem os preços de produtos da cesta básica. Isso se daria por meio da redução da margem de lucro. O encontro com representantes de 11 entidades empresariais foi fechado, mas o senador Flávio Bolsonaro (Patriota-RJ), filho do presidente, afirmou que houve esse pedido. “Ele reconheceu o grande sacrifício que já fazem; (pediu para) se possível reduzir um pouco, ainda mais, a margem de lucro. Demonstrou preocupação específica com produtos da cesta básica”, apontou. “Porque a tendência, sabemos, é de aumentar o preço dos produtos de itens de primeira necessidade.” Ao lado do senador, o presidente da Asserj (Associação de Supermercados do Estado do Rio), Fábio Queiróz, ponderou que as oscilações de preço também dependem do dólar, já que a moeda americana em alta favorece a exportação e, consequentemente, aumenta os valores dos produtos no mercado interno. No evento, também foi citada a possível ampliação do Bolsa Família no fim do ano, tanto no número de beneficiados quanto no montante pago por família. O valor poderia ir para R$ 270, aumento de cerca de 50 . Esta é uma das apostas de Bolsonaro de olho na reeleição em 2022. Bolsonaro esteve no hotel Windsor Barra, na zona oeste, para participar do evento organizado pelo grupo Rio Produtivo, criado em novembro do ano passado e formado por 11 entidades empresariais dos setores da Indústria, Supermercados, Hotelaria, Comércio, Turismo, Serviços, Alimentação e Eventos. A ideia do almoço era debater a retomada da economia fluminense. O governador do Rio, Cláudio Castro (PL), os senadores Flávio e Romário (Podemos-RJ) e deputados do Rio marcaram presença. Bolsonaro chegou por volta das 13 horas no hotel.

ESTADO RECEBE MAIS 141 MIL DOSES DA PFIZER

Com 69 mil doses em estoque, governo do RS ainda não definiu público-alvo e  destinos de vacinas da Pfizer | GZH

O Rio Grande do Sul recebeu novo lote com 141.570 doses de vacinas Pfizer. Elas servirão para prosseguir com a vacinação da população em geral, por idade, trabalhadores da educação superior e gestantes e puérperas sem comorbidades. Com público total estimado em cerca de 190 mil, mais de 178 mil trabalhadores da área da educação já haviam sido vacinados até esta quinta-feira (17) no Estado. As vacinas serão distribuídas ainda na sexta às coordenadorias regionais. Também são aguardadas 110.200 doses de vacinas Coronavac necessárias para a aplicação de segundas doses aos gaúchos com a vacina em atraso. De acordo com Secretaria Estadual da Saúde, há 110 mil doses faltantes para completar o esquema vacinal dos municípios. A previsão é que essa remessa chegue ao Estado ainda nesta sexta-feira (18).

PLACAR DOS VACINADOS EM VERANÓPOLIS

A Secretaria da Saúde de Veranópolis informa o número de vacinas contra a Covid-19. Já realizadas no município, até o dia 17 de junho registram-se 10.187 pessoas que receberam a 1ª dose do imunizante, e destas 3.826 pessoas completaram a vacinação com a 2ª dose. A vacinação segue sendo realizada na Terra da Longevidade, mas os cuidados devem continuar mesmo depois da imunização. Faça a sua parte e colabore para conter a circulação do vírus, se for sair use máscara, evite qualquer tipo de aglomeração e higienize as mãos com frequência. Se apresentar sintomas respiratórios, evite contato com outras pessoas e procure a unidade sentinela para avaliação médica e realização do teste. Sua atitude é muito importante para combater o novo coronavírus. BOLETIM DA COVID 19 — Até ontem, dia 17, 20 pessoas tiveram resultado positivo para o novo coronavírus, das quais 14 realizaram os testes na Unidade Sentinela e 06 realizaram teste de antígeno na rede privada no dia 16/06, sendo que todos estão em isolamento domiciliar junto a seus familiares. Mais 80 pessoas que realizaram o teste tiveram resultado negativo para o novo coronavírus e outros 28 casos são considerados curados. Até ontem, 17, foram contabilizados 282 casos ativos no município.

EXPOINTER PODERÁ SER ADIADA PARA SETEMBRO

Agro - Expointer deve ser adiada para meados de setembro

O tempo está cada vez mais curto para se realizar a Expointer 2021 em sua data tradicional. Geralmente ocorrendo no último final de semana de agosto e início de setembro, o evento, que ainda não teve sua confirmação oficial para este ano, deve ser empurrado para meados de setembro. É o que indicam diversas reuniões que têm ocorrido entre o governo gaúcho, entidades que participam da organização da feira e a prefeitura de Esteio, cidade que recebe o evento. “Não há definição sobre a data, mas provavelmente vai haver uma prorrogação de duas semana pra frente, na segunda semana de setembro mais ou menos”, afirmou Leonardo Pascoal (PP), prefeito do município, sobre o evento tradicionalmente realizado no início de agosto. Para ele, o debate mais importante é “sobre qual Expointer estamos falando”: “Acreditamos que é possível preservar a parte de negócios, que movimenta menor público e acontece ao ar livre, mas defendemos que não pode se realizar uma com atividades de entretenimento e lazer, como parque de diversões, shows e barraquinha de chope”, alertou Pascoal. O prefeito acredita que uma Expointer com a presença de público é viável, mas defende protocolos sanitários rígidos com testagem e público reduzido. Pascoal afirma que trabalha de “em parceria e de forma sinérgica” com o Governo do Estado, mas o Município tem autonomia para a tomada de decisão. O presidente do Sindicato das Indústrias de Máquinas e Implementos Agrícolas no Rio Grande do Sul (Simers), Cláudio Bier, relatou que “o ideal é que fosse a mesma data, que já nem é mais possível. Em paralelo, a Secretaria Estadual da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural, a Secretaria Estadual da Saúde e a prefeitura de Esteio se reúnem regularmente para viabilizar o evento. Ainda não há confirmações oficiais sobre data do evento e nem formato. Procurada, a Secretaria da Agricultura não deu mais informações.

ESPECTATIVA DE VIDA NO RIO GRANDE DO SUL É DE 78 ANOS

AMRIGS - Notícias - Índice de longevidade no RS aumenta 5,4 anos entre 2000  e 2016 ::. - Porto Alegre - RS

A esperança de vida é um importante indicador das condições socioeconômicas e ambientais e do nível de qualidade da saúde de determinado país ou região, pois está intimamente relacionada com o acesso ao sistema de saúde local e a adequação deste em responder às necessidades da população. Ela também reflete as recentes transformações do comportamento demográfico e dos indicadores sociais, como a queda acentuada da fecundidade e da mortalidade que resultam na demanda crescente por estruturas de serviços de saúde relacionadas ao envelhecimento da população. De acordo com o Atlas do Desenvolvimento Humano no Brasil do PNUD – Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, a de vida para ambos os sexos no Rio Grande do Sul apresentou-se superior a do Brasil em 1991; 2000 e 2010. Entre os 27 estados brasileiros, o Rio Grande do Sul era em 2010,  o quarto com a maior esperança de vida ao nascer, superado pelo Distrito Federal, Santa Catarina e São Paulo. Segundo o IBGE, a esperança de vida ao nascer no RS, para ambos os sexos, passou de 72,4 em 2000 para 78,3 em 2018.  Os estudos de evolução demográfica demonstram que, no Rio Grande do Sul, a transição demográfica começou mais cedo em relação a maior parte dos estados brasileiros e tornou-se mais evidente nas últimas décadas, caracterizando-se pelo rápido aumento absoluto e relativo das faixas de população adulta e idosa.  Em relação ao sexo, estas diferenças ficam ainda mais evidentes quando se constata a maior esperança de vida ao nascer das mulheres, que em 2018 atingiu 81,6 anos, enquanto que a dos homens ficou em 74,9 anos. Como resultado, o número de mulheres é superior ao número de homens, principalmente nas faixas de idade mais avançadas.  Veranópolis é considerada a capital brasileira da longevidade e a terceira cidade com maior longevidade média da população no mundo.  Este índice foi confirmado, oficialmente, através de dados de recontagem populacional e da mortalidade do Departamento de Informática do SUS, que estimou uma longevidade média de 77,7 anos em Veranópolis, ao passo que, no mesmo período, a expectativa média de vida no Brasil foi de 68,1 anos.

AGENDA DE VACINAÇÃO NO ATENDIMENTO AO PÚBLICO

A Secretaria da Saúde de Veranópolis informa que a Unidade Sentinela – Posto de Triagem para casos respiratórios e suspeitos de Covid-19, estará atendendo neste sábado, 19 de junho, das 8h às 14h, sem fechar ao meio dia. As pessoas que apresentarem sintomas respiratórios no domingo, deverão buscar atendimento no Hospital Comunitário São Peregrino Lazziozi, ou poderão se manter isoladas e se dirigir à Unidade Sentinela na segunda-feira de manhã, a partir das 8 horas da manhã. A Unidade Sentinela está localizada na Rua José do Patrocínio, nº 170, Bairro São Francisco.

Comentários