VERANÓPOLIS FARÁ CARREATA PEDINDO O RETORNO ÀS AULAS PRESENCIAIS

Em Niterói, pais fazem carreata por volta às aulas | | O Dia

Com o intuito de buscar e ver o retorno às aulas presenciais Veranópolis articula através de um movimento de pais e algumas escolas de nossa cidade a mobilizando para realizar uma carreata que deverá acontecer nesta quarta-feira, dia 21, tendo como horário as quatro horas da tarde. A concentração e partida está prevista para se localizar junto ao Parque da Integração (Escoteiros). Os organizadores estão conclamando a todos os que comungam da ideia do retorno às aulas que se dirijam para este local para depois percorrer as principais ruas da cidade. A exemplo de Veranópolis, a vizinha cidade de Nova Prata vai realizar o mesmo ato, também hoje com início às 17 horas percorrendo as principais ruas da cidade.

CAMARA DOS DEPUTADOS APROVOU TEXTO BASE QUE PROÍBE INTERRUPÇÃO DAS AULAS

Volta às aulas em 2021, veja as possíveis datas por estado da Federação

A Câmara dos Deputados aprovou na terça-feira (20) o texto-base do projeto de lei que proíbe a suspensão de aulas presenciais durante pandemias e calamidades públicas, exceto se houver critérios técnicos e científicos justificados pelo Executivo quanto às condições sanitárias do Estado ou município. Os parlamentares analisam agora destaques apresentados pelos partidos e que, se aprovados, podem mudar o texto. Depois, o projeto ainda precisa ser analisado pelo Senado. O projeto de lei torna a Educação Infantil, os ensinos Fundamental e Médio e a Educação Superior serviços essenciais, que são aqueles que não podem ser interrompidos durante a pandemia. O texto prevê ainda, como estratégia para o retorno às aulas, critérios como prioridade na vacinação de professores e funcionários de escolas públicas e privadas e a prevenção ao contágio de estudantes, profissionais e familiares pelo coronavírus. Esse retorno deverá ter ações pactuadas entre Estados e municípios, com participação de órgãos de educação, saúde e assistência social. O projeto define parâmetros de infraestrutura sanitária e disponibilização de equipamentos de higienização e proteção, incluindo máscaras, álcool gel 70%, água e sabão, nos momentos de recreio, de alimentação e no transporte escolar.

CONSÓRCIO DE GOVERNADORES E MINISTÉRIO DA SAÚDE SE ALIAM NA COMPRA DA VACINA DA SPUTNIK V

Senadores cobram decisão da Anvisa sobre vacinação com a Sputnik V — Rádio  Senado

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, se reuniu na tarde desta terça-feira com governadores do Norte e Nordeste que buscam um acordo sobre a vacina contra Covid-19 Sputnik V. O governador do Piauí, Wellington Dias (PT), presidente do Consórcio do Nordeste, que reúne nove estados da região, afirmou na saída do encontro que há interesse de mais vacinas e condições de uso da Sputnik. O Consórcio do Nordeste fechou a compra de 37 milhões de doses da vacina russa e quer que sejam incluídas no PNI (Programa Nacional de Imunização), do Ministério da Saúde.  “O ministro também mantém a posição que todas as vacinas sejam colocadas no PNI. Significa que, nos estados que têm contrato firmado, vamos encontrar uma solução jurídica. Falta posição da Anvisa sobre colocar as vacinas no PNI”, disse o governador do Piauí. Dias afirmou que, na próxima segunda-feira, terá reunião com secretários-executivos e com a área jurídica do ministério. “O objetivo é chegar ao entendimento de como será o modelo de pagamento da vacina. Vamos tratar de um convênio. Há uma outra decisão a ser tomada. Se cabe a cada estado monitorar, como será feito o monitoramento?”, indaga o governador. Os governadores têm cobrado a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) para que autorize a importação da Sputnik V ainda em abril. Técnicos da empresa estão na Rússia para realizar visitas de inspeção nos laboratórios que produzem a vacina. O Brasil tem duas negociações paralelas com o instituto russo Gamaleya, fabricante da vacina, para obter a Sputnik: uma do Ministério da Saúde, que prevê a compra de 10 milhões de doses, e outra dos governadores, por mais de 60 milhões de doses. Segundo Dias, o caminho encontrado é a recompra do contrato global. “Ou a compensação, assim mantém o equilíbrio nacional. Na Rússia, a vacina está sendo aplicada. Tem disponibilidade de entrega em abril. Falta autorização da Anvisa. Toda a nossa prioridade é não perder a entrega da Sputnik para o Brasil.”

MINISTÉRIO DA SAÚDE NEGOCIA 100 MILHÕES DE DOSES DA VACINA PFIZER

Brasil terá vacinas da Pfizer e da Janssen contra Covid-19

O Ministério da Saúde negocia a compra de mais 100 milhões de doses da vacina da Pfizer para imunizar a população contra a covid-19. O governo já adquiriu o mesmo volume para a campanha contra o novo coronavírus. O primeiro lote, de 1 milhão de doses, deve chegar ao Brasil neste mês. A nova negociação foi divulgada pela CNN Brasil. O ministro das Comunicações, Fábio Faria (PSD), confirmou a conversa com o laboratório em suas redes sociais. “A negociação começou há cerca de 20 dias e a pasta busca dar celeridade ao processo”, escreveu. A ideia é que as doses deste novo lote cheguem ao País no fim deste ano, com objetivo principal de reforçar a campanha de vacinação de 2022. Em entrevista ao Estadão, no fim de março, a presidente da Pfizer no Brasil, Marta Díez, disse que havia espaço para o governo federal negociar a compra de mais vacinas com a empresa. Aplicada em duas doses, a vacina da Pfizer tem eficácia global de 95%. Na população acima de 65, alcança 94%, segundo avaliou a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) – o imunizante já conta com o registro de uso definitivo expedido pela agência reguladora.

BRASIL JÁ VACINOU QUASE 30 MILHÕES DE PESSOAS

Tipos de vacina contra a COVID 19: o que temos aprovado para uso no Brasil  - Rede D'Or São Luiz

O número de pessoas vacinadas com ao menos uma dose contra a Covid-19 no Brasil chegou nesta semana a marca de 27.173.331, o equivalente a 12,83% da população total. Nas últimas 24 horas, 518.872 pessoas receberam a vacina, de acordo com dados reunidos pelo consórcio de veículos de imprensa junto a secretarias de 26 Estados e Distrito Federal. Entre os mais de 27 milhões de vacinados, 10.718.372 receberam a segunda dose, o que representa 5,06% da população com a vacinação completa contra o novo coronavírus. Nas últimas 24 horas, 587.049 pessoas receberam essa dose de reforço. Somando as vacinas de primeira e segunda dose aplicadas, o Brasil aplicou 1.105.921 imunizantes nesta terça-feira. Em termos proporcionais, o Rio Grande do Sul é o Estado que mais vacinou sua população até aqui: 17,43% dos habitantes receberam ao menos a primeira dose. A porcentagem mais baixa é encontrada em Rondônia, onde 9,07% receberam a vacina. Em números absolutos, o maior número de vacinados com a primeira dose está em São Paulo (6,34 milhões), seguido por Minas Gerais (2,72 milhões) e Bahia (2,11milhões).

PODER PÚBLICO ABRE PRAZO DE CADASTRAMENTO PARA ÁREAS CULTURAIS

A Secretaria de Turismo e Cultura informa que estão abertos os novos cadastros para pessoas físicas ou jurídicas nas áreas culturais do município, e também para a atualização dos cadastros já existentes em caso de possíveis alterações. Essa ação tem como objetivo aumentar e atualizar um banco de informações para futuros editais e definições de políticas públicas culturais a serem efetuadas pela cidade de Veranópolis, a partir de prioridades definidas pela Secretaria de Turismo e Cultura e pelo Conselho Municipal de Política Cultural e do Patrimônio Histórico e Cultural (CMPC).
✳️ Fica conceituado como um trabalhador da Cultura a pessoa física ou jurídica, de direito privado, que desenvolva atividades culturais, seja no planejamento, na elaboração, na execução ou na produção dessas atividades, bem como com ou sem fins lucrativos. Os formulários para preenchimento estão disponíveis via google forms ou para impressão no site da Prefeitura Municipal, bem como poderão ser retirados na Secretaria de Turismo e Cultura. O mesmo deve ser impresso (exceto os preenchidos via Google forms), preenchido, assinado e entregue presencialmente na Secretaria de Turismo e Cultura, localizada na Casa Saretta, das 8h30min às 17h, até o dia 23 de abril. Maiores informações com a Secretaria de Turismo e Cultura pelos fones 3441-2232 ou 3441-5953.

Comentários