VERANÓPOLIS VACINA PESSOAS COM 67 E 68 ANOS

Enfim a minha dose de vacina da Astrazeneca/Oxford

A Secretaria Municipal da Saúde informa que continua a campanha de vacinação contra Covid-19 em Veranópolis. Nesta terça-feira, dia 30 de março, estará disponível a primeira dose da vacina para as pessoas de 67 e 68 anos, e possíveis longevos com mais de 69 anos que ainda não se vacinaram. As pessoas deverão se dirigir ao seu Posto de Saúde de referência para receber as vacinas, na terça-feira, no horário das 8h às 16h (sem fechar ao meio dia). Para a vacinação é necessário apresentar os seguintes documentos: · Carteira de Vacinação; · Documento de identificação e CPF; · Cartão do SUS. A Secretaria da Saúde solicita aos idosos a serem vacinados nesta terça-feira que se desloquem às unidades de saúde com tranquilidade ao longo do dia, a fim de evitar aglomerações, pois haverá vacinas para todos. ➡️ Importante observar o seguinte: As pessoas que irão se vacinar e tiveram resultado positivo para Covid-19, deverão aguardar 30 dias para a realização da vacina. E quem estiver com sintomas de COVID-19, deverá procurar atendimento médico para elucidar o diagnóstico antes de realizar a vacina.

PRESIDENTE BOLSONARO REALINHA SEU GOVERNO

Presidente Bolsonaro testa negativo para coronavírus

O Diário Oficial da União (DOU) desta terça-feira (30) formaliza as mudanças anunciadas na véspera pelo presidente Jair Bolsonaro em seis ministérios. Foram publicadas as trocas nas pastas da Defesa, Casa Civil, Advocacia-Geral da União, Justiça, Secretaria de Governo e Relações Exteriores. As mudanças vêm depois de o chanceler Ernesto Araújo virar alvo de pressões dentro e fora do governo pelo desempenho ruim à frente da política externa do País e nas negociações por vacinas e pedir demissão do cargo. A vaga no Itamaraty será ocupada pelo embaixador Carlos Alberto Franco França, que estava na chefia da assessoria especial da Presidência.  Ontem tarde, o general Fernando Azevedo e Silva também anunciou sua saída do Ministério da Defesa. A pasta agora será chefiada pelo general Walter Braga Netto, antes chefe da Casa Civil, que passará a ser comandada por Luiz Eduardo Ramos, que sai da Secretaria de Governo. Para o lugar de Ramos, que vinha sendo o principal articulador do Planalto com o Congresso, entrou a deputada Flávia Arruda (PL-DF), reforçando a participação do Centrão no governo. Flávia, que atuava como presidente da Comissão Mista de Orçamento (CMO), é uma das principais lideranças do PL, um dos partidos que integram o Centrão. O cargo ao Centrão é mais um gesto de Bolsonaro para o grupo, que tem hoje o Ministério da Cidadania, comandado pelo deputado João Roma (Republicanos-BA). O então advogado-geral da União, José Levi, também pediu exoneração e a AGU voltará a ser chefiada por André Mendonça, que havia assumido a Justiça e Segurança Pública após a saída do ex-juiz Sérgio Moro. Levi deixa o cargo depois de se recusar a assinar a ação apresentada pelo presidente Bolsonaro ao Supremo Tribunal Federal para derrubar decretos editados pelos governos do Distrito Federal, Bahia e Rio Grande do Sul sobre “toque de recolher” para conter a disseminação de Covid-19. Com o retorno de Mendonça para a AGU, a pasta da Justiça será liderada pelo delegado da Polícia Federal Anderson Gustavo Torres, que ocupava o cargo de Secretário de Segurança Pública do Distrito Federal. Veja aqui os novos ministros das seis pastas: – Relações Exteriores: Carlos Alberto Franco França; – Defesa: Walter Braga Netto;  – Casa Civil: Luiz Eduardo Ramos; – Secretaria de Governo: Flávia Arruda; – Advocacia-Geral da União: André Mendonça; – Justiça e Segurança Pública: Anderson Torres.

GOVERNO CONCLAMA AOS MUNICÍPIOS NÃO SUSPEDER VACINAÇÃO NA PÁSCOA

Mesmo com menos de 100% de eficácia as vacinas são importantes; entenda | A  Gazeta

A Secretaria Estadual de Saúde (SES) pediu aos municípios gaúchos, nesta segunda-feira, para que agilizem a campanha de vacinação contra a Covid-19 em suas populações, orientando para que mantenham os serviços durante todo o feriado de Páscoa. O Rio Grande do Sul já aplicou, até o momento, 1.350.451 doses de vacinas contra a Covid-19. Do total, 296.099 pessoas já possuem a imunização completa, com as duas doses. “Vacina não pode ficar parada, precisa estar no braço dos gaúchos. Que o presente de Páscoa dos idosos de 67 anos ou mais seja a imunização”, explicou a diretora do Departamento de Atenção Primária e Políticas de Saúde, Ana Costa. A recomendação da SES, reforçada pelo Guia Orientador aos Municípios, que deve ser publicado nos próximos dias, é não guardar vacinas, uma vez que as remessas de doses estão chegando ao Estado com regularidade. “Os municípios não podem ficar sequer um dia sem vacinar”, disse a secretária da Saúde, Arita Bergmann. Para fortalecer a campanha de vacinação nos municípios, a pasta recomenda, por exemplo, horário estendido de funcionamento das salas de vacina, abertura no feriado e finais de semana, articulação com universidades e outras secretarias municipais, drive-thrus, equipes itinerantes e outras estratégias. “Precisamos otimizar a vacinação de forma segura”, afirmou Ana Costa. “Também recomendamos ampliar a gama de profissionais de saúde capacitados a realizar a aplicação das vacinas, para além de enfermeiros, como farmacêuticos, dentistas, fisioterapeutas, biomédicos, e até mesmo profissionais de saúde em formação.” A Secretaria também pediu para que os vacinadores não deixem de registrar as doses aplicadas, com número de Cadastro de Pessoa Física (CPF) ou Cartão Nacional de Saúde (CNS) da pessoa imunizada. De acordo com o Guia, a falta de registro do Sistema de Informação do Plano Nacional de Imunizações pode gerar erros no esquema vacinal, como aplicação em intervalos inadequados ou segunda dose com vacina de outro laboratório, por exemplo.  O presidente do Conselho das Secretarias Municipais de Saúde do Rio Grande do Sul (Cosems/RS), Maicon Lemos, disse que o Cosems está se mobilizando junto aos gestores municipais para apoiar aqueles que estão em maior dificuldade de aplicação das doses. “Estamos disponíveis para conversarmos sobre as melhores estratégias possíveis, precisamos chegar em todas as regiões”, afirmou Maicon. 

CONSCIENTIZAÇÃO É A META DOS AGENTE COMUNITÁRIOS DE SAÚDE

Agentes Comunitários de Saúde, vinculados a Secretaria da Saúde de Veranópolis, seguem realizando atividade de sensibilização e conscientização sobre a importância do uso da máscara na área central do município. A atividade seguirá até a próxima quinta-feira, 1º de abril, visando garantir mais saúde e segurança às pessoas que moram e circulam pela Terra da Longevidade. O objetivo principal dessa ação é desenvolver um momento de reflexão e de educação em saúde, estreitando a comunicação com a comunidade, além de reforçar as orientações quanto às precauções para evitar a proliferação do vírus. É importante lembrar que o uso da máscara deve ser sempre feito corretamente, cobrindo o nariz e a boca. Medidas como usar duas máscaras, uma por cima da outra, não têm eficácia comprovada contra a disseminação do vírus. O recomendado é usar uma máscara que se ajuste ao rosto, que feche as laterais. Confira quais são os melhores tipos de máscaras a serem usadas: 😷 Máscara de pano: não tem eficácia precisa. Deve ser feita de um material denso o suficiente para capturar partículas virais, mas também deve oferecer facilidade na respiração, como tecidos de algodão, tricoline e TNT. Uso recomendado por 2 horas (até no máximo 4 horas), ou até ficar úmida. 😷 Máscara cirúrgica: pode ser usada durante todo o dia e após ser descartada. São máscaras que não podem ser limpas ou desinfetadas, devendo ser descartada sempre que úmida ou suja. 😷 Máscara N95: devem ser usadas em situações de maior risco, pois é a mais recomendada e completamente eficaz. Pode ser lavada. Possui uma espécie de filtro que inibe a passagem de micropartículas e de pequenos micro-organismos.

FIUCRUZ ENTREGA MAIS 2,4 MILHÕES DE VACINA

A Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz) entrega nesta semana mais 2,4 milhões de doses da vacina contra a Covid-19 produzida em Bio-Manguinhos (RJ), com insumos importados. Outras 3,2 milhões de doses estão previstas para a semana de 5 a 10 de abril e mais 5 milhões, entre 12 a 17 de abril. Com 1,8 milhão entregue em 17 março, o total chegará a 12,4 milhões de doses entregues ao PNI (Programa Nacional de Imunizações). Produzida em parceria com a Oxford/AstraZeneca, a vacina é fabricada em Bio-Manguinhos com IFA (Ingrediente Farmacêutico Ativo) que chegou ao Brasil a partir do dia 6 de fevereiro, provocando atrasos.  Mas com o registro definitivo, concedido pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) em 12 de março, a Fiocruz passou a ser a detentora do primeiro registro de uma vacina contra Covid-19 produzida no Brasil. A Fiocruz já iniciou o escalonamento gradual da produção e uma segunda linha de produção já entrou em operação, o que vai permitir o aumento da capacidade produtiva de Bio-Manguinhos/Fiocruz. A expectativa da instituição é chegar em abril com uma produção de cerca de um milhão de doses por dia.

BUTANTAN LIBERA VACINAS

Instituto Butantan publica texto com diretrizes sobre a imunização contra  Covid-19 | Coronavírus

Nesta segunda (29), o Instituto Butantan liberou mais 5 milhões de doses da CoronaVac. Foi a maior remessa em um único dia disponibilizada em março. Somente neste mês, foram entregues até agora 19,3 milhões de doses. Com o novo carregamento, o total de imunizantes oferecidos pelo estado ao PNI (Programa Nacional de Imunizações) chega a 32,8 milhões de doses desde o início das entregas, em 17 de janeiro. Até o fim de abril, o total de vacinas garantidas pelo Butantan ao país somará 46 milhões. O Butantan ainda trabalha para entregar outras 54 milhões de doses para vacinação dos brasileiros até o dia 30 de agosto, totalizando 100 milhões de unidades.

SENAI RETOMA AS SUAS ATIVIDADES EM VERANÓPOLIS

13 cursos gratuitos do Senai-RN para fazer online

Com o objetivo de atender às solicitações da Secretaria de Indústria e Comércio e as demandas das empresas veranenses, levantadas em reunião realizada em 04 de fevereiro de 2021, e com apoio do Poder Público Municipal, o SENAI de Veranópolis apresentou, na última semana, o projeto que contempla o incremento de tecnologias para montagens de laboratórios que possibilitam a execução de cursos nas áreas de manutenção mecânica, usinagem convencional, manutenção industrial, metrologia, pneumática e hidráulica, eletricidade predial e industrial e manutenção elétrica. Em destaque no projeto, que prevê o retorno de máquinas e equipamentos essenciais às demandas das empresas, estão contemplados 6 tornos de usinagem e 4 fresadoras, além das ferramentas e instrumentos para realização de atividades práticas de Usinagem. O projeto contempla também a oferta de novos cursos de Aprendizagem Industrial Básica em um modelo diferenciado de Programa de Aprendizagem do SENAI, que forma jovens competentes para atuarem no contexto da Indústria 4.0. Serão dois novos cursos, sendo um de Torneiro Mecânico e outro de Fresador Mecânico e abrangem os seguintes conhecimentos: Fundamentos da tecnologia mecânica, Fundamentos da fabricação mecânica, Processos de Ajustagem Mecânica, Processos de Torneamento Convencional, Processos de Fresamento Convencional, Competências para o profissional da Indústria 4.0, Ferramentas aplicadas no Lean Manufacturing e Conceitos para desvendar a Indústria 4.0. Esses conhecimentos e competências estão distribuídos em três módulos: Módulo Integrador da Área; Módulo Específico; e Módulo de Aperfeiçoamento. Ao total, são mais de 1.000 horas de formação completa, que permitirá ao estudante se inserir no mercado de trabalho com experiência e domínio, aprendendo na prática uma profissão. Os cursos são voltados a Indústria 4.0, apresentando uma nova forma de atuar na aprendizagem, uma inovação introduzida de forma inédita no SENAI de Veranópolis. Cerca de 50% das atividades serão realizadas de forma prática, além de um módulo a distância. Dessa forma, o aluno poderá aprender diretamente na indústria, com supervisão de seus professores. Estiveram presentes na reunião a Secretária Municipal de Indústria e Comércio, Daiane Ambrozini Domeneghini, o Gerente de Operações do SENAI, Felipe Andreolla, o Presidente da Associação Comercial, Cultural e Industrial de Veranópolis (ACIV), Renato Breitenbach, juntamente com a Diretora Administrativa da ACIV, Daniela Michelon Cielo.

VERANÓPOLIS TERÁ MAIS RUAS PAVIMENTADAS

Prefeito Waldemar De Carli
Foto: Leticia Fracasso

O Prefeito de Veranópolis, Waldemar De Carli, assinou na manhã desta segunda-feira, dia 29 de março, o processo para abertura da licitação para realização de obras de pavimentação e terraplanagem que fazem parte do Programa Avançar Cidades, financiado pelo Ministério do Desenvolvimento Regional, que visa melhorias na mobilidade urbana. O município de Veranópolis receberá o valor de aproximadamente 3 milhões de reais para realizar a pavimentação em paralelepípedo com calçadas em basalto de três ruas: Rua Luiz Sivieiro, no bairro Femaçã – metragem 678,63, valor pavimentação + terraplanagem de R$ 1.188.254,78; Rua Roma, no bairro Pôr do Sol – metragem 511,72, valor pavimentação + terraplanagem de R$ 1.049.510,12; Rua Vitório Zanini, no bairro Universal – metragem 512,73, valor pavimentação + terraplanagem de R$ 853.729,06. As obras que não tem data para iniciar, mas acontecerão em 2021 e serão realizadas pelas empresas terceirizadas vencedoras dos processos de licitação.

Comentários