ESTADO TEM 13 REGIÕES EM BANDEIRA VERMELHA

O mapa preliminar da 40ª rodada do Distanciamento Controlado colocou, nesta sexta-feira, 13 regiões em bandeira vermelha, o que representa que boa parte do Rio Grande do Sul segue com alto risco para esgotamento da capacidade hospitalar e velocidade de contaminação para coronavírus. São elas: Porto Alegre, Capão da Canoa, Palmeira das Missões, Passo Fundo, Santa Maria, Santa Rosa, Santo Ângelo, Canoas, Cruz Alta, Ijuí, Novo Hamburgo e Taquara. Já as regiões de Bagé, Caxias do Sul, Guaíba, Pelotas, Cachoeira do Sul, Erechim, Lajeado e Uruguaiana estão em bandeira laranja, com risco médio. Os municípios e associações regionais podem apresentar, até as 6h de domingo, pedidos de reconsideração, que serão analisados para que as bandeiras definitivas sejam divulgadas na segunda-feira. As medidas do Distanciamento Controlado passam a valer oficialmente a partir da meia-noite de terça-feira. Desde o início da pandemia, o RS já registrou 560.540 casos de Covid-19, que estão relacionados a 10.929 óbitos. Segundo o governo estadual, entre os indicadores monitorados, chama a atenção a redução no número de pacientes confirmados com coronavírus em leitos clínicos (-7%) e um leve aumento nos leitos de UTI (+3%). Contabilizando o pequeno aumento do total de leitos e também dos confirmados com Covid-19 em UTI, verificou-se estabilidade no número total de leitos de UTI ocupados em todo o Estado. Houve também redução nos registros de novas hospitalizações (-19%), de casos ativos (-17%) e de óbitos por Covid-19 (-15%).

Resultado de imagem para IFA VACINA COVID 19

IFA – INSUMO PARA A FABRICAÇÃO DA VACINA CONTRA O COVID 19 CHEGA AO BRASIL

Resultado de imagem para IFA VACINA COVID 19

O ingrediente farmacêutico ativo (IFA) da vacina Oxford/AstraZeneca contra Covid-19 que desembarca hoje no Rio de Janeiro permitirá a produção de 2,8 milhões de doses, segundo a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). O lote será o primeiro contratado com a AstraZeneca a chegar ao país, e será usado para os processos de pré-validação dos processos de produção de Bio-Manguinhos. Inicialmente, a previsão era de que todos os lotes tivessem o suficiente para produzir 7,5 milhões de doses. Segundo o diretor de Bio-Manguinhos, Maurício Zuma, e a presidente da Fiocruz, Nísia Trindade, a mudança na quantidade se deu por questões de segurança e condicionamento do IFA, e também para facilitar a liberação para a exportação na China, onde o IFA é produzido. Apesar de o primeiro lote ser menor que o previsto, a entrega mensal de lotes se manterá na quantidade necessária para produzir 15 milhões de doses. Isso ocorrerá porque mais dois lotes serão enviados ainda este mês, com chegadas previstas para 23 e 28 de fevereiro. A partir desses três lotes, o primeiro milhão de doses de vacinas deve ser entregue entre 15 e 19 de março ao Programa Nacional de Imunizações, e os outros 14 milhões serão liberados até o fim de março.  Nísia Trindade explicou que, como a quantidade mensal de IFA é a mesma, o volume do primeiro lote não altera a previsão de produzir 100,4 milhões de doses até julho com o insumo importado.

MEGA SENA TEM SORTEIO HOJE

Resultado de imagem para mega sena

Após pagar R$ 25 milhões a uma aposta feita em Mirassol D’Oeste (MT) na última quarta-feira, a Mega-Sena volta a ser sorteada neste sábado com a promessa de pagar R$ 2,5 milhões a quem acertar todas as seis dezenas sorteadas pelo concurso 2.342 da loteria. Caso leve o prêmio sozinho, o apostador poderá aplicar toda a bolada na poupança e obter um rendimento mensal de, aproximadamente, R$ 3.000. A grana também é suficiente para comprar uma frota com mais de 60 carros populares de R$ 40 mil cada. Para concorrer à bolada, basta ir a uma casa lotérica ou entrar no sistema digital da Caixa e marcar de 6 a 15 números do volante, podendo deixar que o sistema escolha os números para você (Surpresinha) e/ou concorrer com a mesma aposta por 2, 4 ou 8 concursos consecutivos (Teimosinha). Cada jogo de seis números custará R$ 4,50. Quanto mais números marcar, maior o preço da aposta e maiores as chances de faturar o prêmio mais cobiçado do país. Outra opção é o Bolão Caixa, que permite ao apostador fazer apostas em grupo. Na última quarta, as dezenas reveladas pelo concurso 2.341 foram: 04 – 09 – 31 – 32 – 42 – 46. Além do prêmio principal, 59 pessoas acertaram a quina e têm o direito de receber R$ 47.999,27 cada. Outros 3.548 apostadores cravaram quatro dos números sorteados e podem sacar R$ 1.140,26 cada.

CICLONE ASSUSTA MORADORES DO LITORAL DO ESTADO

Resultado de imagem para CICLONE LITORAL GAUCHO PRAIA
Resultado de imagem para CICLONE LITORAL GAUCHO PRAIA
Resultado de imagem para CICLONE LITORAL GAUCHO PRAIA

Em toda costa gaúcha nesta sexta-feira, com ondas entre 2,5 metros e 4 metros de altura próximos à orla, segundo a Marinha do Brasil. Mas no Litoral Norte o fenômeno acabou causando transtornos. A água avançou bastante, forçando os frequentadores a permanecerem sobre as dunas de areia. Estruturas instaladas sobre a praia também foram danificadas. Segundo o comando da Operação Verão do Corpo de Bombeiros do Rio Grande do Sul (CBMRS), o mar destruiu seis guaritas de guarda-vidas em Arroio do Sal e Capão Novo, balneário pertencente a Capão da Canoa, onde a ressaca também não deu trégua. Em praias de Imbé, a água do mar chegou a avançar pelas ruas. O vento na orla, com rajadas de até 50 km/h na madrugada, não chegou a ser intenso na manhã de hoje, soprando de forma moderada, abaixo dos 20 km/h, mas as temperaturas amenas, oscilando entre 17 e 26 graus, e mais o céu parcialmente nublado, alternando com um pouco de chuva, fez um dia de verão se parecer mais como um de outono. Em Tramandaí, o mar atingiu quiosques e até mesmo a área em frente à Rua da Igreja que está em processo de recomposição de dunas. O Rio Tramandaí também sofreu elevação, por causa da maré e as águas invadiram parte da avenida Beira-rio, nas imediações da Praça dos Botos. Situação semelhante também aconteceu em Imbé, onde um quiosque também foi movido pela força das ondas e outros proprietários correram para retirar produtos e utensílios de dentro, para evitar mais prejuízos. Em um deles, onde não deu tempo, cadeiras e mesas foram levadas pela ressaca. A água ainda invadiu a rua Quartzo, no Balneário Nordeste. Em Capão da Canoa, os quiosques também sofreram danos e quatro guaritas de guarda-vidas foram destruídas em Capão Novo. Em Arroio do Sal foram duas.

ALGUNS ESTADOS FIXAM CRONOGRAMA DE VACINAÇÃO PARA IDOSOS

Resultado de imagem para VACINA IDOSOS

Menos de um mês após o início da vacinação contra a Covid-19 no Brasil, alguns Estados já entraram na fase de vacinação dos idosos que não moram em instituições permanentes, como asilos. Na região Sudeste, os Estados de São Paulo e Rio de Janeiro já tem cronograma definido. Em São Paulo, a Secretaria de Saúde afirma que quem perder o prazo pode ser vacinado em outra data, mas pede para a população tentar cumprir as determinações como forma de evitar aglomeração. No Rio de Janeiro, os idosos que não puderem ir no seu dia durante a semana devem procurar a vacinação no sábado seguinte à sua data para se vacinar. “Não será negada a vacinação dos mais idosos em data posterior, mas é muito importante ressaltar a relevância de respeitar as datas anunciadas para que se evite aglomerações e se preserve justamente aqueles mais vulneráveis”, afirma a Secretaria de Saúde do Estado. A capital fluminense, inclusive, disse já ter iniciado a vacinação dos idosos em geral e definiu um calendário semanal de acordo com a idade da pessoa. Em 1º de fevereiro, quem tem 99 anos ou mais recebeu a primeira dose do imunizante. Muitos locais, no entanto, afirmam que ainda dependem do recebimento de novas doses dos imunizantes aprovados pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) para avançar no plano de vacinação da população. O Plano Nacional de Imunização, do Ministério da Saúde, coloca os idosos acima de 60 na lista de prioridade para serem imunizados após profissionais de saúde, idosos e portadores de deficiência institucionalizados e povos indígenas vivendo em aldeias. Na Região Sul o Rio Grande do Sul não definiu cronograma.

 

Comentários