NOVO PREGÃO PARA A COMPRA DE AGULHAS E SERINGAS

O Ministério da Saúde encaminhou nesta terça-feira um pedido de isenção de imposto para importação de seringas e agulhas e decidiu abrir um novo pregão para a compra dos produtos. O novo edital deve ser publicado em dez dias. O Ministério da Saúde quer comprar 330 milhões de agulhas e seringas para viabilizar o Plano Nacional de Vacinação contra a Covid-19.  Para não repetir o fracasso do pregão que ocorreu em dezembro, os técnicos vão alterar os valores oferecidos para a compra de agulhas e seringas. Com isso, os insumos devem sair mais caros para o governo. Fontes do Ministério da Saúde afirmam que o ministro Eduardo Pazuello teria cedido à pressão das empresas e corrigido a tabela de preços. No primeiro pregão, o ministério ofereceu para o kit com agulha e seringa cerca de 18 centavos a unidade. A ideia é que agora o valor suba para 19 ou 20 centavos. Para garantir o fornecimento antes mesmo da licitação, o ministério da saúde fez uma requisição administrativa dos estoques desses itens, como prevê a Constituição, e  conseguiu que as três maiores fabricantes do país se comprometessem a fornecer cerca de 30 milhões de agulhas e seringas.

BRASIL COMPRA VACINA NA INDIA

Após Índia, governo agora tenta acelerar importação de insumos com a China

A Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz) informou nesta terça-feira que custará US$ 5,25 (R$ 27,9) a importação de cada unidade de um lote de 2 milhões de doses prontas da vacina desenvolvida pela Universidade de Oxford e a farmacêutica AstraZeneca. No total, o negócio será de cerca de R$ 56 milhões. A vacina é fabricada pelo Instituto Serum, na Índia, e deve chegar ao Brasil em meados de janeiro. A importação das doses prontas é a principal aposta do governo Jair Bolsonaro para começar a campanha de vacinação em 20 de janeiro. A Fiocruz deve pedir nesta semana o aval para uso emergencial do produto. A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) estima levará até 10 dias para concluir a análise deste pedido. O governo afirma que não há veto do governo indiano para a venda ao Brasil. Além de importar 2 milhões de doses prontas, o governo pretende receber em janeiro ingrediente para fabricar, na Fiocruz, 210,4 milhões de unidades do mesmo imunizante em 2021. O laboratório brasileiro assinou um contrato de “encomenda tecnológica” com a AstraZeneca. As doses concluídas no Brasil devem ser entregues a partir de fevereiro. Em média, o governo pagará US$ 2,3 (R$ 12,25) pelo ingrediente necessário para fabricar cada unidade do imunizante. O imunizante da Pfizer, cuja cumpra é negociada pelo governo federal, custa cerca de US$ 20 (R$ 106,52) por unidade. O valor entre a empresa e o ministério, porém, é desconhecido. A Pfizer já disse que deve ser menor, pois o Brasil participou da pesquisa clínica de desenvolvimento da vacina contra a Covid-19. A vacina tem eficácia média de 95%, mas exige temperatura de armazenamento de -70 graus.

APOSENTADOS JÁ PODEM CONFERIR DEPÓSITO DA APOSENTADORIA DO INSS

Revisões para incluir salários na aposentadoria do INSS sobem após decisão  do STJ - Anasps

Cerca de 35 milhões de aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) já podem checar a data de depósito dos benefícios de 2021. Segundo o INSS, os depósitos seguirão a mesma sequência de anos anteriores. Para aqueles que recebem um salário mínimo, o valor será atualizado com o novo piso, de R$ 1.100. Os depósitos referentes a janeiro serão feitos entre os dias 25 de janeiro e 5 de fevereiro. Segurados com renda mensal acima do piso nacional terão seus pagamentos creditados a partir de 1º de fevereiro. Para os segurados da cidade de São Paulo, ainda não está definido quando receberá, já que o dia 25 de janeiro é feriado do aniversário da cidade. A orientação do INSS é que os segurados fiquem atentos: a data de depósito dos benefícios depende do número final do cartão de benefício, sem considerar o último dígito verificador, que aparece depois do traço, para aqueles que foram concedidos recentemente ou a data que já habitualmente recebia para aqueles que possuem seu benefício há algum tempo.

POLÍCIA CIVIL RECEBE SEMI BLINDADOS

Guia Crissiumal - Notícias - Crissiumal é contemplado com viatura semi  blindada para a Polícia Civil

As primeiras viaturas semi blindadas na história da Polícia Civil foram entregues no final da manhã desta terça-feira. Tratam-se de 45 veículos zero quilômetro, todos modelo Renault Duster. A cerimônia, com entrega de 41 delas, foi realizada em frente do Palácio Piratini, em Porto Alegre. Outras quatro estão em fase de produção e devem chegar nos próximos meses. A solenidade teve as presenças do governador Eduardo Leite e do vice-governador e secretário da Segurança Pública, além da Chefe de Polícia Civil, delegada Nadine Anflor, entre outras autoridades. O investimento total foi de cerca de R$ 6,1 milhões, sendo que cada veículo custou em torno de R$ 137,5 mil. As novas viaturas foram adquiridas com verbas obtidas pela bancada parlamentar gaúcha na Câmara Federal e Senado, em Brasília, tendo contrapartida do Governo do Estado. Entre outros municípios beneficiados na serra gaúcha estão Caxias do Sul, Cotiporã, Farroupilha, e Garibaldi. A Secretaria da Segurança Pública (SSP) planeja entregar nos próximos meses outras 176 viaturas semi blindadas, elevando o investimento total para mais de R$ 35,2 milhões. Para a Brigada Militar estão previstas 103 novos veículos, também Renault Duster, com recursos da emenda de bancada federal e contrapartida estadual no valor de R$ 14,1 milhões.

INEP LIBERA CARTÃO PARA INSCRIÇÃO NO ENEM

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) disponibilizou ontem, terça-feira (5) o cartão de confirmação de inscrição no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), por meio do qual os inscritos podem consultar o local onde devem fazer a prova. O cartão está disponível desde o início da manhã, segundo o Inep. No documento, constam também informações como número de inscrição e o registro da hora e data do Enem. Consta, ainda no cartão, a confirmação de que o participante que pediu atendimento especializado será atendido. O mesmo serve para o inscrito que solicitou o tratamento pelo nome social. O inscrito pode consultar o cartão na Página do Participante e também pelo aplicativo oficial do Enem https://enem.inep.gov.br/. O Inep aconselha quem vai fazer as provas que imprima o documento e leve no dia de realização do exame, junto com o documento oficial com foto. Segundo o Inep, o sistema tem funcionado sem problemas e algumas reclamações em redes sociais sobre dificuldade de acesso podem ter sido causadas por tentativas de acesso durante a madrugada, quando o cartão de confirmação ainda não estava disponível.

FIES VAI OFERECER 93 MIL VAGAS

Novo FIES

O Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) vai oferecer 93 mil vagas em 2021. Com isso, o aporte financeiro do Ministério da Educação (MEC) será de R$ 500 milhões para viabilizar as vagas. Esses números estão no Plano Trienal do Fundo de Financiamento Estudantil, publicado no último dia de dezembro. O plano traz a previsão para os próximos três anos. Nesse período, serão ofertadas, no total, 279 mil vagas. O Fies é o programa do governo federal que tem como meta facilitar o acesso ao crédito para financiamento de cursos de ensino superior oferecidos por instituições privadas. Criado em 1999, ele é ofertado em duas modalidades desde 2018, por meio do Fies e do Programa de Financiamento Estudantil (P-Fies). O período de inscrições para o processo seletivo do Fies para o 1º semestre de 2021 é do dia 26 até as 23h59 de 29 de janeiro de 2021. O resultado será divulgado no dia 2 de fevereiro. Para os pré-selecionados em chamada única, o prazo para complementar a inscrição é de 3 a 5 de fevereiro.

HOJE TEM O ÚLTIMO LOTE DO AUXÍLIO EMERGENCIAL

A Caixa Econômica Federal libera nesta quarta-feira (6) o saque em dinheiro da última parcela do auxílio emergencial para 3,4 milhões nascidos em abril. Já foram depositados mais de R$ 2 bilhões para esse grupo, que faz parte dos ciclos 5 e 6 de pagamentos em conta poupança digital movimentada pelo aplicativo Caixa Tem. Agora, o valor pode ser resgatado ou transferido. Desse total, a maior parte é referente às parcelas do auxílio emergencial extensão, de R$ 300, e o restante, R$ 200 milhões, às parcelas do auxílio de R$ 600. Os beneficiários que terão o saque liberado hoje fazem parte dos últimos grupos e foram aprovados pelo aplicativo da Caixa ou inscritos no CadÚnico. Eles receberam a primeira parcela de R$ 600 em julho e vão ganhar tanto o auxílio normal como a segunda parcela do auxílio extra de R$ 300.

Comentários