Polícia diz que dois irmãos são suspeitos de matar homem

Um dia após ter recebido alta do hospital, onde estava internado para tratar ferimentos de agressões, Nolci dos Santos, 52 anos, foi assassinado. Os suspeitos são dois irmãos, também responsáveis pela surra que levou Santos para o hospital, no sábado passado. O homem foi baleado cinco vezes no peito na noite de terça-feira, nos fundos de uma fruteira na BR-470, em Veranópolis.
O delegado responsável pelo caso, Marcelo dos Santos Ferrugem, diz que as agressões de sábado foram provocadas durante uma briga entre vizinhos. Testemunhas relataram que vítima e supostos agressores já teriam se desentendido em outras ocasiões.
O dono do imóvel onde Santos era inquilino relatou à Polícia Civil que antes do assassinato, os dois irmãos solicitaram que a vítima fosse despejada. A intenção deles era afastar Santos da vizinhança. Os suspeitos devem se apresentar na tarde desta quinta-feira na delegacia.
Santos era natural de Palmitinho, no Noroeste do Estado, e residia sozinho em Veranópolis.
Esse foi o primeiro homicídio do ano na cidade.

Fonte: Jornal Pioneiro

Comentários

Deixe um comentário