Na manhã desta terça-feira (05), a Polícia Civil, por meio da Delegacia de Feitos Especiais da Corregedoria da Polícia Civil, deflagrou a Operação Facilidade, com o objetivo de apurar suposto envolvimento ilícito de policial civil com empresa que presta serviço de encaminhamento de seguro obrigatório (DPVAT).

Foram cumpridos três mandados de busca e apreensão e três mandados de condução coercitiva em Farroupilha e Veranópolis. A operação é decorrente de investigações criminais que apuram o recebimento de vantagem indevida por parte do agente público em troca de informações restritas sobre envolvidos em acidentes de trânsito com lesões. O policial civil e dois empresários são investigados pela prática de corrupção ativa e passiva. Comprovantes de depósitos bancários em nome da esposa do policial civil foram apreendidos.

Fonte: Polícia Civil RS