A situação precária do Colégio Estadual São Luis Gonzaga de Veranópolis ganhou mais um capítulo: a interdição de parte da sua estrutura. O Corpo de Bombeiros de Veranópolis esteve realização a inspeção na tarde desta quarta-feira, dia 07 e optou por impedir o uso do salão de atos, biblioteca e de boa parte do terceiro piso, devido a precaridade do prédio.

Segundo o Comandante Fabiano Moraes, o risco eminente de acidentes e desmoronamentos impedem o seu uso. Ele alerta que o local só poderá ser novamente liberado após um engenheiro emitir laudo atestando que a estrutura não apresenta perigo.

A diretora Elizabete de Quadros salienta que recursos devem ser enviados pelo Governo, mas eles ainda não foram liberados. Ela já comunicou o caso para a Coordenadoria Regional de Educação, que não se manifestou sobre o caso. "É um abandono total do Estado. O educando da escola pública sofre um descaso, que isso é o que é mais triste para mim. Educação não é prioridade para o Governo", frisou.

Foto: Leandro Galante/Rádio 96.1 FM

Fonte: 96.1 FM