Na tarde deste domingo, o Pentacolor recebeu o Colorado na abertura do Gauchão. Um jogo que tinha tudo para ser marcado pelo espetáculo do futebol, foi manchado por uma briga entre torcedores do Internacional. Mas, também teve momentos bonitos, como a presença do NonoVEC, mascote, e das musas, Fernanda Lima (2016) e Sabrina Rampi (2017). Logo no início, a diretoria do Veranópolis, organizou uma cerimônia para marcar a abertura do Gauchão, com o presidente da Federação Gaúcha de Futebol, Francisco Noveleto.

Com a bola rolando, o VEC dominou a partida e aos oito minutos, quase abriu o placar após D'Alessandro perder a bola no meio de campo, e Athos deixar Jean Carlos na cara do gol. Jean recebeu, mas não conseguiu finalizar com força, e o goleiro colorado defendeu. Aos 15, começou uma briga entre torcedores colorados. Dois minutos depois, o árbitro Daniel Soder decidiu interromper o jogo para que a Brigada Militar pudesse conter os ânimos. Teve troca de socos, pontapés e até pedras. Algumas pessoas ficaram feridas. Foram 17 minutos até que a confusão fosse resolvida.

Com a bola rolando novamente, o Veranópolis continuou dominando. Aos 45, Athos chutou forte, mas o goleiro Danilo defendeu. Na sequência, Mateus Santana entrou pela esquerda da área e mandou na rede pelo lado de fora. Aos 53, foi a vez de Keké e novamente Mateus Santana obrigarem o goleiro colorado a se esticar. No lance de maior perigo do Inter, D'Alessandro cobrou falta fechada e Diego cabeceou na trave, mas o goleiro Pentacolor fez uma grande defesa.

O segundo tempo começou ainda mais quente. Aos cinco, Athos fez um lançamento longo para Keké, que em velocidade, chutou cruzado e empurrou a bola para o fundo das redes, igualando o placar.

Com o placar final igual, 1 a 1, o VEC soma 1 ponto no Campeonato e agora tem como próximo compromisso, o jogo contra o São José, em Porto Alegre, no dia 05 de fevereiro, às 18h, no estádio Passo D'Areia.

Fonte: Luana Trentin