O AUXÍLIO EMERGENCIAL PAGO PELO GOVERNO FEDERAL INICIA AMANHÃ

Auxílio emergencial: consulta já pode ser feita no site do Dataprev -  Primeiro a Saber

O governo federal estima que as novas parcelas do novo auxílio emergencial, que começam a ser pagas nesta terça-feira (6), vão injetar R$ 44 bilhões na economia. Mas economistas consultados pelo R7 afirmam que o impacto será bem menor que no ano passado.  A nova rodada terá quatro parcelas com valor médio de R$ 250. Mulheres chefes de família receberão R$ 375 e pessoas que vivem sozinhas, R$ 150. O total de beneficiados atingirá 45,6 milhões. No ano passado, as cinco primeiras parcelas foram de R$ 600 e mais quatro de R$ 300, além do dobro do valor para as mães solteiras. O total pago chegou a R$ 293,1 bilhões para 67,9 milhões de pessoas. O presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, afirma que o pagamento do novo auxílio vai refletir em um aumento no consumo e aquecimento da economia. “É muito importante porque uma parcela da população mais carente que consome tudo”, disse Guimarães. Na avaliação do presidente da Caixa, esse recurso vai virar consumo entre as pessoas que serão beneficiadas. “Como aconteceu ano passado, faremos esse pagamento rápido, de uma maneira ágil, que terá benefício por esse consumo quase integral de R$ 44 bilhões”, afirmou.  No ano passado, somente por meio do aplicativo Caixa Tem, o benefício movimentou diretamente em lojas e supermercados R$ 47,6 bilhões, sendo R$ 35,5 bilhões em compras por cartão virtual e R$ 12,1 bilhões em QR Code.

TRÂNSITO DO RETORNO DO FERIADÃO DA PÁSCOA FOI TRANQUILO

Cerca de 10 mil veículos chegaram ao Litoral Norte pela Rota do Sol apenas  nesta quinta-feira | Pioneiro

O retorno para casa no feriadão foi tranquilo nas estradas gaúchas e também na Estação Rodoviária de Porto Alegre e no Aeroporto Salgado Filho. Mas foram nas estradas em que os fluxos foram mais intensos, em especial na Freeway (BR 290), na ligação com o Litoral Norte, e na BR 386, que ligação com a Região Metropolitana. Não foram observados congestionamentos na principal rodovia do Estado, mas o volume de tráfego chegou a quase 80% da capacidade da via, com picos de até 79 veículos por minuto passando na praça de pedágio de Santo Antônio da Patrulha no final da tarde. Até às 18 horas, mais de 25 mil veículos passaram pelo trecho. Na BR 101, em Três Cachoeiras, trecho também administrado pela CCR Viasul, até o mesmo horário, mais de 10 veículos já tinham passado no sentido Florianópolis-Porto Alegre. Na BR 386, o movimento foi acentuado e no trecho entre Lajeado e Estrela, onde há restrições ao tráfego devido a obras de recuperação de uma ponte no quilômetro 350 da rodovia, houve formação de filas de quase 4 quilômetros na pista do sentido Carazinho-Canoas. Neste local, o tráfego para veículos leves (de passeio) está liberado, nos dois sentidos da pista, em sistema de fluxo e contra fluxo com velocidade controlada, segundo a CCR Viasul, também responsável pela manutenção da estrada. Nas rodovias administradas pela EGR, o movimento também foi intenso na descida da Serra, com até 10 veículos por minuto passando pela praça de pedágio de Três Coroas, na ERS 115, no sentido Gramado-Taquara. Já em Águas Claras, distrito de Viamão, a EGR contabilizou quase toda capacidade da via, com 21 veículos por minuto no sentido Balneário Pinhal-Porto Alegre.

ENTRAM EM VIGOR NESTE MÊS AS NOVAS REGRAS DO CTB

Entenda o que muda no CTB após mudanças sancionadas por Bolsonaro

Entram em vigor no dia 12 de abril as alterações promovidas no Código Brasileiro de Trânsito. As mudanças foram sancionadas pelo presidente Jair Bolsonaro em outubro do ano passado, quando ficou definido que a vigência passaria a ocorrer 180 dias após a sanção.  A partir de agora, os motoristas devem ficar atentos aos novos prazos de renovação da Carteira Nacional de Habilitação (CNH), ao número de pontos que podem gerar a suspensão de dirigir e à punição de quem causar uma morte ao conduzir o veículo após ter ingerido bebida alcoólica ou ter usado drogas.  Os exames de aptidão física e mental para renovação da CNH não serão mais realizados a cada cinco anos. A partir de agora, a validade será de dez anos para motoristas com idade inferior a 50 anos; cinco anos para motoristas com idade igual ou superior a 50 anos e inferior a 70 e três anos para motoristas com idade igual ou superior a 70 anos.  Haverá mudanças também na quantidade de pontos que podem levar à suspensão da carteira. Atualmente, o motorista que atinge 20 pontos durante o período de 12 meses pode ter a carteira suspensa. Agora, a suspensão ocorrerá de forma escalonada. O condutor terá a habilitação suspensa com 20 pontos (se tiver duas ou mais infrações gravíssimas na carteira); 30 pontos (uma infração gravíssima na pontuação); 40 pontos (nenhuma infração gravíssima na pontuação).  As novas regras proíbem que condutores condenados por homicídio culposo ou lesão corporal sob efeito de álcool ou outro psicoativo tenham pena de prisão convertida em alternativas. Cadeirinhas  — O uso de cadeirinhas no banco traseiro passa a ser obrigatório para crianças com idade inferior a dez anos que não tenham atingido 1,45 m de altura. Pela regra antiga, somente a idade da criança era levada em conta. Recall — Nos casos de chamamentos pelas montadoras para correção de defeitos em veículos (recall), o automóvel somente será licenciado após a comprovação de que houve atendimento das campanhas de reparo. 

CONFIRA O CALENDÁRIO DO PAGAMENTO DO IPVA

IPVA2021 vencimento placas

calendário de pagamento do IPVA 2021 está na etapa de quitação do tributo de acordo com o final da placa do veículo. Nesta semana, vencem mais três placas. Nesta segunda-feira (5/4), é a data limite de pagamento para placas com final 2. Na quarta-feira (7/4) vencerão as placas com final 3 e na sexta-feira (9/4), com final 4. O vencimento dos números seguintes ocorre longo do mês de abril. Pagamento — Neste período de adoção de medidas de distanciamento social, em razão da pandemia da Covid-19, a Receita Estadual reforça a opção de pagamento on-line por aplicativos ou via home banking (internet) dos bancos Banrisul, Bradesco, Santander, Sicredi e Banco do Brasil (somente para clientes). Quem não tiver acesso a essa modalidade precisa realizar o pagamento presencialmente nos bancos citados ou nas lotéricas da Caixa. Para fazer o pagamento, basta ter em mãos o Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo (CRLV) ou apenas a placa e o Renavam do veículo. A taxa de licenciamento e multas, se houver, podem ser pagas separadamente do IPVA, sendo que o proprietário deve estar atento às datas de vencimento de cada uma das obrigações. Os dados relativos ao veículo como o valor do IPVA, multa e pendências podem ser acessados no site www.ipva.rs.gov.br ou por meio do aplicativo do tributo (IPVA RS) disponível gratuitamente para dispositivos móveis nas lojas App Store e Google Play. Atraso de pagamento — O contribuinte que não pagar o tributo em dia, além de perder os descontos de Bom Motorista e Bom Cidadão (se tiver direito), terá multa de 0,33% ao dia sobre o valor do imposto não pago, até o limite de 20%. Após a inscrição em dívida ativa, que ocorre após 60 dias em atraso, o débito sofrerá acréscimo de mais 5%.

PESSOAS ACIMA DE 64 ANOS RECEBEM A VACINA HOJE

A Secretaria Municipal da Saúde informa que continua a campanha de vacinação contra Covid-19 em Veranópolis. Na segunda-feira, dia 05 de abril, estará disponível a primeira dose da vacina para os idosos de 64 e 65 anos, e possíveis longevos com mais de 66 anos que ainda não se vacinaram. Os idosos deverão se dirigir ao seu Posto de Saúde de referência para receber as vacinas, na terça-feira, no horário das 12h às 17h. Para a vacinação é necessário apresentar os seguintes documentos: ▪ Carteira de Vacinação; ▪ Documento de identificação e CPF; ▪ Cartão do SUS. A Secretaria da Saúde solicita aos idosos a serem vacinados na segunda-feira que se desloquem às unidades de saúde com tranquilidade ao longo do período da tarde, a fim de evitar aglomerações, pois haverá vacinas para todos. ➡ Importante observar o seguinte: As pessoas que irão se vacinar e tiveram resultado positivo para Covid-19, deverão aguardar 30 dias para a realização da vacina. E quem estiver com sintomas de COVID-19, deverá procurar atendimento médico para elucidar o diagnóstico antes de realizar a vacina.

CULTOS RELIGIOSOS: GOVERNO DO ESTADO SE ADAPTA À DECISÃO DO STF

Lockdown: missas e cultos presenciais são proibidos no Ceará todo |  Coronavírus em Fortaleza, Ceará e Mundo - Últimas Notícias no O POVO Online

Para adaptar os protocolos estaduais à decisão liminar do ministro Nunes Marques, do Supremo Tribunal Federal (STF), o governo do Estado publicou um novo decreto neste domingo (4/4) ampliando a taxa de ocupação de igrejas e templos no Rio Grande do Sul. Até então, a regra na bandeira preta no Rio Grande do Sul era de lotação máxima de 10% de público, limitado a 30 pessoas, e na bandeira vermelha, limitado a 10% do público ou 30 pessoas, o que fosse maior. Agora, o Decreto 55.820 amplia o limite para 25% da capacidade do local para bandeira preta e vermelha. A liminar do ministro, publicada no sábado (3/4), determina que Estados, municípios e Distrito Federal não podem editar normas de combate à pandemia do novo coronavírus que proíbam completamente celebrações religiosas presenciais, como cultos e missas, e que os protocolos sanitários de prevenção, relativos à limitação de presença, não podem ser inferiores a 25% da capacidade. Além do limite de ocupação, o decreto do Rio Grande do Sul mantém como regras o uso obrigatório e correto de máscara cobrindo boca e nariz, sempre e por todos os presentes; proíbe o consumo de alimentos e bebidas, exceto o estritamente necessário para a realização do ritual ou celebração (por exemplo, comunhão, recolocando a máscara imediatamente depois); ocupação intercalada de assentos, de forma espaçada e modo alternado entre as fileiras de cadeiras ou bancos, respeitando distanciamento mínimo de 1 metro entre pessoas ou grupos de coabitantes. O decreto ainda determina a obrigatoriedade de higienização das mãos, dos banheiros e das superfícies de toque com álcool 70% ou solução sanitizante de efeito similar e a ventilação cruzada (janelas e portas abertas) ou sistema de renovação de ar.

Comentários