RS DISTRIBUIU CERCA DE 170 MIL DOSES CONTRA COVID 19

Da Capital aos menores municípios, saiba como a vacina contra covid-19 deve  ser distribuída no RS | GZH

Um esquema de logística da Secretaria da Saúde (SES) na manhã de terça-feira (19/1) garantiu o envio, para todo o Estado, de 170,8 mil doses da vacina contra a Covid-19. De Porto Alegre, as doses foram encaminhadas via aérea e terrestre para a capital e para as 18 coordenadorias regionais da SES, de onde será feita a distribuição a todos os municípios do Estado. Inicialmente, o público a ser vacinado são os profissionais de saúde da linha de frente na pandemia em hospitais, Atenção Básica e rede de urgência e emergência, pessoas acima de 60 anos que vivem em Instituições de Longa Permanência de Idosos (ILPI) e população indígena aldeada. Na segunda-feira (18/1) à noite, um lote com o total de 314,8 mil unidades da CoronaVac, vacina do Instituto Butantan produzida em parceria com o laboratório chinês Sinovac, chegou ao Rio Grande do Sul. Metade dessa quantidade fica reservada pela SES para envio posterior aos municípios, assegurando quantitativo suficiente para a segunda aplicação, duas a quatro semanas depois da primeira. A outra metade teve o envio realizado na manhã desta terça (19). O total enviado é destinado a um público estimado de 162 mil pessoas.

HOJE TEM AUXÍLIO EMERGENCIAL

Cerca de 3,5 milhões de beneficiários do auxílio emergencial e do auxílio emergencial extensão nascidos em setembro podem sacar a última parcela do benefício a partir desta quarta-feira (20). Eles poderão sacar ou transferir os recursos da conta poupança social digital. Foram creditados cerca de R$ 2,4 bilhões para esses públicos nos ciclos 5 e 6 de pagamentos. Desse total, cerca R$ 2,2 bilhões são referentes às parcelas do auxílio emergencial extensão e o restante, cerca de R$ 200 milhões, às parcelas do auxílio emergencial. O dinheiro havia sido depositado na conta poupança digital em 6 de dezembro para os beneficiários do ciclo 5 e em 21 de dezembro para os beneficiários do ciclo 6. Até agora, os recursos podiam ser movimentados apenas por meio do aplicativo Caixa Tem, que permite o pagamento de boletos, de contas de água, luz e telefone, compras com o cartão virtual de débito pela internet e compras em estabelecimentos parceiros por meio de maquininhas com código QR (versão avançada do código de barras). Para realizar o saque em espécie, é necessário fazer o login no Caixa Tem, selecionar a opção “saque sem cartão” e “gerar código de saque”. Depois, o trabalhador deve inserir a senha para visualizar o código de saque na tela do celular, com validade de uma hora. O código deve ser utilizado nos caixas eletrônicos da Caixa, nas unidades lotéricas ou nos correspondentes Caixa Aqui. Os saques em dinheiro podem ser feitos nas lotéricas, correspondentes Caixa Aqui ou nas agências.

PAPA FRANCISCO REZOU PELOS ENFERMOS DO AMAZONAS

Expresso | Papa Francisco defende união civil entre pessoas do mesmo sexo

O papa Francisco rezou nesta quarta-feira, por todos que sofrem pela pandemia do novo coronavírus e, em especial, pela situação enfrentada em Manaus. A capital do Amazonas vive uma grave crise sanitária desde 14 de janeiro pela falta de leitos e oxigênio para os pacientes de Covid-19. “Nestes dias a minha oração vai para os impactados pela pandemia, especialmente em Manaus, no norte do Brasil. O Pai Misericordioso os sustenta neste momento difícil”, disse Francisco durante audiência geral celebrada na biblioteca do palácio pontifício. De acordo com o boletim epidemiológico divulgado nesta terça-feira, mais de 382 pessoas com diagnóstico confirmado ou suspeito de Covid-19 aguardam na fila por vagas em UTIs e enfermarias em Manaus. Em abril de 2020, durante o primeiro pico da pandemia na capital do Amazonas, Francisco ligou para o arcebispo de Manaus, Dom Leonardo Steiner, para prestar solidariedade às vítimas da Covid-19. Na ligação, o papa manifestou especial preocupação com os povos indígenas, os ribeirinhos e a população de baixa renda. 

TRAMP DE SAÍDA DO GOVERNO NORTEAMERICANO

Biden quer agir com rapidez, mas julgamento de Trump pode complicar sua  agenda

Em seus momentos finais na presidência dos Estados Unidos, Donald Trump assinou 70 comutações e 73 perdões presidenciais, incluindo um a seu antigo estrategista-chefe, Steve Bannon, acusado em agosto de 2020 de ter ligação com um suposto esquema para desviar centenas de milhares de dólares de uma campanha de financiamento coletivo para a construção de uma parede ao longo da fronteira com o México – uma promessa de campanha que nunca saiu do papel. Ele havia se declarado inocente e estava em liberdade depois de concordar pagar uma fiança de cinco milhões de dólares enquanto aguardava julgamento. Esse ato pode ter um efeito indesejado em seu julgamento de impeachment no Senado, sob a acusação de incitar a insurreição de 6 de janeiro no Capitólio.

JOE BIDEN ASSUME O GOVERNO DOS EUA

Arizona e Wisconsin certificam vitórias de Joe Biden nos 2 estados |  Eleições nos EUA 2020 | G1

Na manhã desta quarta-feira nos Estados Unidos, início da tarde no Brasil, o democrata Joe Biden, de 78 anos, tomará posse como o 47º presidente norte-americano. A cerimônia, no Capitólio, em Washington, ocorre com transmissão virtual e com público reduzido por conta da pandemia de Covid-19. A posse de Biden está marcada para às 10h30min, horário local, 12h30min, horário de Brasília. Juntamente com a vice, Kamala Harris, terá como principais objetivos unir um país dividido e realinhar a política externa após um mandato voltado aos valores nacionalistas de Donald Trump.  A cerimônia ocorre de maneira diferente por conta da pandemia de Covid-19. Diferente dos mais de 200 mil ingressos que costumam ser distribuídos para a posse, desta vez apenas mil pessoas, entre congressistas e seus convidados. Biden chegou em Washington nesta terça-feira, véspera da cerimônia de posse. Acompanhado da mulher, Jill Biden e da vice-presidente, Kamala Harris, Biden prestou homenagens às mais de 400 mil vítimas da Covid-19 nos Estados Unidos, país mais afetado no mundo pela pandemia.  O agora ex-presidente, o republicano Donald Trump, que segue sem aceitar a derrota nas eleições presidenciais, não deve comparecer. Será a primeira vez em mais de 150 anos que isso acontecerá nos Estados Unidos, e Trump se tornará apenas o quarto presidente na história norte-americana a não comparecer na posse de seu sucessor. 

RS ULTRAPASSA OS 10 MIL MORTOS DA COVID 19

Giro do Vale | Sobe para 10 o número de mortos por Covid-19 no Rio Grande  do Sul

A segunda-feira, 18 de janeiro, foi um dia histórico para o Rio Grande do Sul, com os primeiros gaúchos recebendo a vacina contra o novo coronavírus. Porém, se a segunda-feira ficou marcada como o dia da esperança, com a chegada daquela que pode representar o início do fim da pandemia, a terça-feira (19) foi de uma marca ruim, que reforça a importância da imunização em massa: o Estado ultrapassou 10 mil mortes causadas pela Covid-19.Com 84 novas mortes neste 318º dia da pandemia em território gaúcho, o RS alcançou 10.051 óbitos. A primeira morte causada pela doença em território gaúcho foi confirmada no dia 23 de abril do ano passado. O acompanhamento do ritmo dos óbitos ocasionados pelo vírus Sars-Cov-2 mostra como a pandemia tem tido momentos de rápida aceleração e outros de desaceleração mais lenta da letalidade. O Rio Grande do Sul levou 108 dias entre a primeira morte e a morte de número mil causadas pelo novo coronavírus, registrada em 10 de julho. Já entre as mortes de número mil e dois mil, passaram apenas 20 dias. O intervalo de tempo caiu para 19 dias entre as mortes dois mil e três mil, voltando a ser de 20 dias ente as mortes três e quatro mil, indicando uma certa estabilidade no ritmo dos óbitos, que se davam com celeridade. BRASIL – O Brasil registrou 1.192 mortes por Covid-19 e 62.094 novos casos confirmados nas últimas 24 horas, segundo dados enviados pelos estados ao Ministério da Saúde e divulgados pelo Conass (Conselho Nacional dos Secretários de Saúde) nesta terça-feira. Com os números atualizados, o país chega à marca de 211.491 mortes em decorrência da Covid-19, além de 8.573.864 casos acumulados desde o início da pandemia. Deste total, o Ministério da Saúde estima que 7.518.846 já se recuperaram da doença, enquanto 843.527 pacientes continuam em acompanhamento.

VERANÓPOLIS E A VACINAÇÃO

O poder público municipal através Secretaria Municipal de Saúde anunciou para o dia de hoje as 16:30 hs. a solenidade que marca o início da vacinação contra a COVID 19 em Veranópolis. O ato acontecerá na Associação Comercial e Industrial de Veranópolis com a presença de autoridades e especialmente as primeiras pessoas escolhidas para se submeterem à vacinação, idosos e operadores da saúde. Veranópolis recebeu 330 doses vindas da capital gaúcha e redistribuídas em Caxias do Sul.

Comentários