PFIZER E BIONTECCH FAZEM PEDIDO EMERGENCIAL DA VACINA

Pfizer pedirá autorização nos EUA para vacina contra covid-19 | Novidades  da ciência para melhorar a qualidade de vida | DW | 20.11.2020

As farmacêuticas Pfizer e BioNTech solicitaram à União Europeia nesta terça-feira, 1º de dezembro, autorização para uso emergencial da vacina experimental que desenvolvem contra a Covid-19, e deve fazer o mesmo a entidades reguladoras de Austrália, Canadá e Japão. “O anúncio de hoje é outro marco importante em nossos esforços para enfrentar esta crise terrível”, diz por meio de nota o CEO da Pfizer, Albert Bourla. “Estamos prontos para enviar as doses da vacina contra a covid-19 assim que as autorizações em potencial nos permitirem”, acrescenta. A Pfizer também já iniciou o processo de registro de sua vacina experimental junto à Agência Nacional de Vigilância Santitária (Anvisa), órgão responsável pela regulamentação no Brasil. O laboratório farmacêutico anunciou no mês passado que sua vacina contra a Covid-19 é “90% eficaz”, de acordo com a primeira análise intermediária do teste de fase 3, a última etapa antes do pedido formal de homologação. Os Estados-Membros podem decidir doar a vacina a países de rendimento baixo e médio ou reencaminhá-la para outros países europeus. O contrato de hoje com a aliança BioNTech-Pfizer baseia-se no amplo portfólio de vacinas a serem produzidas na Europa, incluindo os contratos já assinados com AstraZeneca, Sanofi-GSK e Janssen Pharmaceutica NV, e as negociações exploratórias bem-sucedidas concluídas com CureVac e Moderna. Este portfólio diversificado de vacinas garantirá que a Europa esteja bem preparada para a vacinação.

BANDEIRA VERMELHA: SÓ DUAS REGIÕES SAIRAM DELA

Novo mapa da pandemia no RS tem 19 regiões em bandeira vermelha, incluindo Porto Alegre

Após definir que 19 das 21 regiões do Estado estarão em bandeira vermelha no modelo de Distanciamento Controlado, o governo gaúcho anunciou medidas mais restritivas a cidades que estão em zonas consideradas de alto risco de transmissão para o coronavírus. Entre elas estão a suspensão de festas de fim de ano, o incentivo a restrições de encontros familiares, fechamento de atividades em espaços públicos e limitação no horário de comércio, bares e serviços de delivery, entre outros pontos. Em transmissão no fim da tarde desta segunda-feira, o governador Eduardo Leite enfatizou também a necessidade de colaboração da população para conter o avanço do coronavírus, que teve aceleração nas últimas semanas. De maneira a uniformizar as ações, foi suspenso o modelo de cogestão do Distanciamento Controlado, fazendo com que os municípios devam seguir as orientações do Piratini. As medidas estarão detalhadas em um decreto a ser publicado até esta terça-feira e, a princípio, valerão por duas semanas. Após o período, serão reavaliadas. “Se a gente quebra esse ciclo agora, vai ter menos pessoas contaminadas no Natal, e poderemos ter um Natal com menos restrições”, justificou Leite.

• Medidas emergenciais:  – Reforço na campanha de comunicação; – Apoio da Brigada Militar na fiscalização dos protocolos e criação de canais específicos para denúncias de aglomeração; – Suspensão das festas e eventos de fim de ano.  – Incentivo à restrição de reuniões privadas e familiares, sugerindo um limite de até 10 pessoas, excluídas crianças e jovens de até 14 anos.

• Diretrizes para bandeira vermelha: – Restrição de horário do comércio: até 20h; – Bares e restaurantes poderão funcionar até as 22h, com clientes somente sentados e com dois metros de distância entre si. Mesas poderão ter até seis pessoas e fica proibida a música ao vivo ou ambiente.  – Locais abertos poderão seguir funcionando, com controle de acesso e sem alimentação; – Vedado o funcionamento em locais fechados, como teatros, cinemas e casas de shows.  – Eventos sociais como casamentos, festas, formaturas e aniversários estão vedados. – Áreas comuns em clubes e condomínios (brinquedos, salões de festas, piscinas, quadras e churrasqueiras compartilhadas) ficam vedadas .

RGS NOVO RECORDE DE INTERNAÇÕES

O Rio Grande do Sul segue batendo recordes no número de pacientes com diagnóstico positivo da Covid-19 internados em leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs). Na tarde desta segunda-feira eram 787 confirmados, além de 156 suspeitos, totalizando 943 internações relacionadas à doença, ou seja, 46,75% dos 2.017 pacientes. A taxa de ocupação era de 79,5%. O maior número até então havia sido registrado no dia 27 de novembro, quando estavam internados 783 pessoas com Covid-19 nas UTIs gaúchas.

RGS TEM 90% DAS LAVOURAS DE ARROZ JÁ PLANTADAS

Plantio do arroz está próximo de ser concluído no RS - IRGA

O presidente da Federação das Associações de Arrozeiros do Rio Grande do Sul (Federarroz), Alexandre Velho, garante que o plantio de arroz no Estado se aproxima do encerramento. Segundo ele, apontamento feito pelo Instituto Rio Grandense do Arroz (Irga), na última quinta-feira, indicava que 90% das lavouras da safra 2020/2021 já foram implantadas. Velho observa, no entanto, que a área plantada de arroz, estimada inicialmente pelo Irga em 969 mil hectares, não deve passar dos cerca de 930 mil, mesmo patamar obtido pela cultura na safra 2019/2020. O dirigente explica que o avanço foi impedido pela falta de chuvas, que atrasaram o plantio em algumas regiões; a baixa capacidade das reservas de água, também em razão da estiagem; e por problemas estruturais que alguns produtores não conseguiram resolver, como endividamento e dificuldades de acesso ao crédito.

PREFEITURAS REFORÇARAM O CAIXA COM O DINHEIRO DO GOVERNO FEDERAL

patria-amada-brasil | Gestão e Arte - Mentoria - MAMBA - Human Capital, o  SHOW!

Nas 29 cidades mais populosas, o caixa do município teve crescimento de 60% entre janeiro e agosto na comparação com o mesmo período de 2019. A grande maioria dos novos prefeitos eleitos nas eleições municipais vai herdar um caixa mais cheio no dia primeiro de janeiro de 2021. Durante a pandemia da Covid-19, o repasse feito pelo governo federal aos municípios superou em R$ 24 bilhões o impacto da calamidade sobre as contas das prefeituras. O socorro compensou a perda de receitas e o que os prefeitos de fato gastaram no combate da doença, mostra reportagem da edição desta segunda-feira, do jornal O Estado de S. Paulo. Essa gordura vai aumentar até o fim do ano porque a arrecadação está reagindo e a suspensão do pagamento das dívidas concedida no pacote de socorro aos Estados e municípios continuará até dezembro. Nos 29 municípios mais populosos, o caixa engordou R$ 16 bilhões de janeiro a agosto – um crescimento de 60% na comparação com mesmo período de 2019.

EM TOM DE CONCILIAÇÃO PRESIDENTES SE ENCONTRAM EM VIDEOCONFERÊNCIA

Bolsonaro conversa pela 1ª vez com o novo presidente da Argentina -  Notícias - R7 Brasil

presidente da Argentina, Alberto Fernández, e o presidente do Brasil, Jair Bolsonaro,  dialogaram por videochamada nesta segunda-feira, na primeira reunião privada de ambos desde a posse do líder argentino. O conteúdo da conversa entre os dirigentes não foi informado, mas a presidência argentina disse que se realizou a cerimônia do Dia da Amizade entre ambos países, que evoca o embrião do Mercosul, com o encontro dos ex-presidentes Raúl Alfonsín e José Sarney em Foz de Iguaçu há 35 anos. Sarney participou do evento por teleconferência. “É um dia muito importante para a Argentina e o Brasil e para todo o continente, porque pela primeira vez as pessoas começaram a pensar na integração do continente”, anunciou Fernández, lembrando a data. Bolsonaro, segundo o comunicado, destacou que “o Mercosul é o nosso principal pilar de integração” e pediu a geração de “mecanismos mais ágeis e menos burocráticos”. Ele também pediu o aprofundamento do turismo entre as duas nações.

Comentários