VACINA CONTRA CORONAVIRUS TEM EFICÁCIA DE 90%

A vacina da Pfizer é considerada inovadora, feita a partir de RNA mensageiro

O laboratório farmacêutico Pfizer anunciou nesta segunda-feira que sua vacina contra a Covid-19 é “90% eficaz”, de acordo com a primeira análise intermediária do teste de fase 3, a última etapa antes do pedido formal de homologação. Esta eficácia de proteção ao vírus SARS-CoV-2 foi alcançada sete dias depois da segunda dose da vacina e 28 dias após a primeira, anunciou o grupo americano em um comunicado conjunto com a empresa BioNTech. “Os primeiros resultados da fase 3 de nosso teste de vacina contra a covid-19 apresentam as provas iniciais da capacidade de nossa vacina para prevenir esta doença”, afirmou o presidente da Pfizer, Albert Bourla. “Demos um passo importante e estamos mais perto de prover aos cidadãos do mundo esta vacina, tão necessária para contribuir a acabar com esta crise sanitária mundial”, completou. Com base em projeções, as duas empresas afirmaram que pretendem fornecer 50 milhões de doses no mundo em 2020 e até 1,3 bilhão em 2021. Segundo dados compilados pela universidade norte-americana Johns Hopkins, às 3h25min desta segunda-feira, 50.402.558 pessoas estão infectadas pela Covid-19, somando os casos de todos os países afetados pela doença. Os Estados Unidos continuam na liderança global, com 9,96 milhões de contaminações.

Mundo ultrapassa 50 milhões de infecções

O número total de casos de novo coronavírus no mundo ultrapassou, no domingo, 8, a marca dos 50 milhões, de acordo com dados compilados pela universidade americana Johns Hopkins. Às 3h25 desta segunda-feira, 9, a plataforma da universidade contabilizava 50.402.558 infectados pela covid-19, somando os casos de todos os países afetados pela doença. Os Estados Unidos continuam na liderança global, com 9,96 milhões de contaminações.  BRASIL – O Ministério da Saúde registrou 128 óbitos e 10.554 casos de Covid-19 neste domingo, Com a atualização, o Brasil totaliza 5.664.115 infectados e 162.397 mortes pela doença desde o começo da pandemia.  Ainda segundo o governo federal, 5.064.344 pacientes já estão recuperados da doença, enquanto 364.575 seguem em tratamento. A pasta vem enfrentando problemas técnicos desde o dia 5 de novembro e os números de recuperados e casos ativos não são atualizados desde então.

FORÇAS DE SEGURANÇA ATUAM NA MADRUGADA EM PRESÍDIOS GAÚCHOS

MP realiza operação contra facção criminosa que atua dentro de presídios  gaúchos – Rádio Guaíba

A integração entre as forças de segurança e poderes das esferas federal e estadual concretizou nesta segunda-feira nova ofensiva para neutralizar a cadeia de comando do crime no Rio Grande do Sul. Sob coordenação do programa RS Seguro, as Secretarias da Segurança Pública (SSP) e da Administração Penitenciária (Seapen) deflagraram a Operação Império da Lei 2, para transferir nove detentos de altíssima periculosidade e com posição de liderança nas principais organizações criminais gaúchas para penitenciárias federais fora do Estado. Com a participação de 490 agentes e o emprego de 70 viaturas e uma aeronave, a ação dá continuidade à primeira etapa da Império da Lei, que em março enviou 18 líderes de grupos criminosos para estabelecimentos do Sistema Penitenciário Federal (SPF). Entre os nove encaminhados agora, seis já eram alvo da fase anterior, mas haviam tido os pedidos de transferência negados.  Conforme forte esquema de segurança, montado com agentes de todas as instituições, os detentos foram retirados da Penitenciária de Alta Segurança de Charqueadas (PASC) e da Penitenciária Modulada Estadual de Charqueadas (PMEC) em comboio único de viaturas, por volta das 4h, e levados até o Batalhão de Aviação da BM (BAV-BM), no Porto Alegre Airport, na Capital. No local, os presos estavam sendo submetidos a exames de corpo de delito antes de embarcarem em avião da Polícia Federal com destino às penitenciárias federais onde serão mantidos sem nenhum contato com outros presos.

FORÇAS DE SEGURANÇA CHEGAM NO AMAPÁ

Operação Amapá – Forças Armadas se mobilizam em socorro ao Estado |  Tecnodefesa
Operação Cabo Orange 4: Exército apreende no Amapá combustíveis, armas e  itens usados em garimpo ilegal – Defesa Aérea & Naval

Navios da Marinha e aviões da Força Aérea começaram a chegar ao Amapá trazendo geradores, combustíveis, profissionais de saúde e alimentos, em meio à crise que deixa o Estado sem energia elétrica desde a última terça-feira. Por meio de nota, o Ministério da Defesa disse que militares do Exército ampliaram a atuação no Estado como parte da Operação Amapá, que a pasta ativou para auxiliar em ações para reduzir os impactos da falta de luz. Segundo o Ministério da Defesa, neste domingo, dois aviões da Força Aérea transportaram seis geradores para capital do Estado, Macapá. No sábado, as aeronaves já haviam levado outros dois geradores, além de uma carreta e um trator para transportá-los. No total, ainda de acordo com a pasta, os aviões da Força Aérea já entregaram em Macapá cerca de 29 toneladas de material. A Operação Macapá também conta com 360 militares do Exército e 12 viaturas atendendo a região. Dois navios da Marinha, que integram o Comando do 4º Distrito Naval, também estão a caminha do Amapá — saíram de Belém no sábado e devem chegar no município amapaense de Santana na próxima segunda-feira. Outro navio saiu de Fortaleza e a previsão é que chegue em Macapá na quarta-feira. Segundo o Ministério da Defesa, os navios transportam profissionais de saúde (dentre médicos e dentistas), mergulhadores e cerca de 150 Fuzileiros Navais, além de gêneros alimentícios, medicamentos e combustíveis.

BANDEIRAS: VERMELHO E AMARELO DISTOAM NO LARANJA

O governo do Rio Grande do Sul recebeu, até o prazo limite, 6h da manhã deste domingo, dois pedidos de reconsideração ao mapa preliminar da 27ª rodada do modelo de Distanciamento Controlado. As solicitações partem de regiões classificadas em bandeira vermelha para que permaneçam na laranja. Conforme o mapa preliminar divulgado na sexta-feira, o Rio Grande do Sul está com três regiões consideradas como de risco epidemiológico alto: Cruz Alta, Ijuí e Santo Ângelo. As regiões de Bagé e Erechim, por sua vez, foram classificadas como de risco baixo, e estão na bandeira amarela. As outras 16 regiões Covid permanecem na bandeira laranja (risco epidemiológico médio). O mapa definitivo será divulgado pelo Estado na tarde desta segunda-feira. A vigência das novas bandeiras se inicia à 0h de terça-feira, 10, e segue até as 23h59min da segunda-feira seguinte, 16. Das 21 regiões Covid, apenas Uruguaiana, Bagé e Guaíba não aderiram ao sistema de cogestão do Distanciamento Controlado. As outras 18 já adotam protocolos alternativos às bandeiras definidas pelo governo.

FUNERAIS DA CANTORA VANUSA

Vanusa - Página de artista no site Galeria Musical

O corpo de Vanusa, que morreu aos 73 anos, está sendo velado no Funeral Arce Morumbi, em São Paulo, na manhã desta segunda-feira (9). O corpo da cantora chegou ao local pouco antes das 8h. Por conta da pandemia de covid-19, a cerimônia é restrita para familiares e amigos e está prevista para acontecer até às 14h. Os três filhos de Vanusa, Rafael, Aretha e Amanda estão presentes para prestar as últimas homenagens e dar o último adeus a mãe. Após o velório, o sepultamento do corpo de Vanusa será no Cemitério de Congonhas, às 16h. A cantora morreu na madrugada deste domingo (8) na casa de repouso em Santos, no litoral de São Paulo, onde morava há mais de dois anos. O enfermeiro da Barros Residência para Idosos percebeu, por volta das 5h30, que ela estava sem batimentos cardíacos. A causa da morte foi insuficiência respiratória.

Comentários