MINISTRO DETERMINA AFASTAMENTO DE CHICO RODRIGUES

Barroso determina afastamento de senador do dinheiro na cueca por 90 dias |  Poder360
Ministro Barroso e Chico Rodrigues

O ministro Luís Roberto Barroso, do STF (Supremo Tribunal Federal), determinou nesta quinta-feira o afastamento, por 90 dias, do senador Chico Rodrigues (DEM-RR), alvo de busca e apreensão na quarta-feira em Boa Vista (RR). O parlamentar, que foi flagrado com R$ 30 mil na cueca, nega as acusações. Barroso enviou o caso para deliberação do Senado, a quem cabe manter ou não o afastamento do senador. Na decisão que ordenou o afastamento, o ministro apontou a “gravidade concreta” do caso, que exige o afastamento para evitar que o parlamentar use o cargo para dificultar as investigações. “A gravidade concreta dos delitos investigados também indica a necessidade de garantia da ordem pública: o Senador estaria se valendo de sua função parlamentar para desviar dinheiro destinado ao enfrentamento da maior pandemia dos últimos 100 anos, num momento de severa escassez de recursos públicos e em que o país já conta com mais de 150 mil mortos em decorrência da doença”, afirmou Barroso. O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) retirou o senador Rodrigues da vice-liderança do governo no Senado. A saída do parlamentar foi oficializada em edição do Diário Oficial da União nesta quinta-feira. Em nota, a Secom (Secretaria Especial de Comunicação Social) afirmou que “a ação da Polícia Federal e da GCU, respeitando os princípios constitucionais, é a comprovação da continuidade do Governo no combate à corrupção em todos os setores da sociedade brasileira, sem distinção ou privilégios”.

BRASIL TEM MENOS MORTOS EM 24 HORAS

O Brasil contabilizou 28.523 novos casos de Covid-19 e 713 mortes nesta quinta-feira, de acordo com dados do Ministério da Saúde. Até o momento, o país totaliza 152.460 óbitos e 5.169.386 infectados pela doença, desde a primeira notificação, registrada no final do mês de fevereiro. Ainda segundo o balanço oficial do governo, 4.599.446 pessoas estão recuperadas do coronavírus, enquanto 417.480 seguem em acompanhamento. A taxa de letalidade da doença no Brasil segue em 3%. Desde o início da pandemia, mais de 38,7 milhões de pessoas já foram infectadas pela doença em todo o mundo. Do total de doentes, quase 1,095 milhão morreram, segundo a Universidade Johns Hopkins. O Ministério da Saúde anunciou também nesta quinta que o número de mortes em decorrência da Covid-19 no Brasil caiu 8%, para 4.211 óbitos, na semana finalizada no dia 10 de outubro e registrou o terceiro período consecutivo de queda. No período, foram registrados 175.804 novos casos comprovados da doença respiratória causada pelo novo coronavírus. O número é 7% inferior ao computado na semana anterior.

INGLATERRA PROÍBE ATÉ REUNIÕES FAMILIARES

Londres passará a um nível mais rígido de restrições para conter a pandemia, com a proibição, a partir desta sexta-feira, 16, de reuniões fechadas entre parentes que não morem na mesma casa. Pelas novas regras, os encontros ao ar livre só poderão ter no máximo seis pessoas. Já os pubs poderão atender apenas clientes sentados entre às 10 horas e às 17 horas. Os restaurantes podem receber pedidos após as 22 horas apenas para entrega e não é permitida a retirada da comida no local. As restrições que passam a valer hoje incluem a capital e outras sete zonas do país, onde vivem 11 milhões de pessoas. Com as infecções dobrando a cada 10 dias, o Reino Unido registrou 19.724 novos casos e 137 mortes por covid-19 na quarta-feira – o último dado disponível. O total de óbitos foi o maior em um dia desde o começo de junho, disseram as autoridades, quando as mortes estavam abaixo de 100 diárias. O número total de óbitos desde o início da pandemia é 43.155, o maior da Europa. Com o objetivo de evitar uma quarentena em todo o país ao mesmo tempo, o governo do Reino Unido implantou um modelo que classifica as regiões conforme o número de infecções por habitante. Londres passa hoje a estar no nível de alerta 2, de uma escala que vai até 3, o que coloca a cidade em um risco “alto” para o coronavírus. Quem não respeitar as restrições pode ser multado em £ 200 (cerca de R$ 1,4 mil) – esse valor pode chegar a £ 6,4 mil (por volta de R$ 45 mil). No caso de flagrante de aglomerações com mais de 30 pessoas, a multa é de £ 10 mil (R$ 70 mil).

RESPIRADOR DA UCS É APROVADO PELA ANVISA

UCS apresenta protótipo de respirador para pacientes com Coronavírus |  Portal Leouve - leia. ouça. veja.

Depois de seis meses e meio de desenvolvimento, o projeto do ventilador pulmonar Frank 5010, desenvolvido por um grupo de professores e engenheiros da Universidade de Caxias do Sul (UCS) e engenheiros e empresários voluntários, sob orientação da Direção Técnica do Hospital Geral, obteve registro da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) que permite a produção em série. Agora, o grupo de gestão do projeto está tratando da produção e destinação de unidades do aparelho. Ele foi concebido para o atendimento de urgência e emergência de pacientes acometidos pela síndrome aguda respiratória grave induzida pela Covid-19, com necessidade de intubação. Com estimativa de custo de R$ 20 mil por unidade, o grupo de trabalho tem componentes para produzir 50 unidades nas próximas semanas, quantidade que pode ser aumentada mediante demanda. Com as alterações no projeto, o equipamento pode ser utilizado também em pacientes com outras enfermidades respiratórias que não a causada pela Covid-19. Os recursos para o desenvolvimento do Frank 5010 foram disponibilizados pela Fundação Universidade de Caxias do Sul (FUCS) e complementados por contribuições de entidades sindicais patronais e empresas da cidade.

TEM AUXÍLIO EMERGENCIAL HOJE

A Caixa deposita nesta sexta-feira (16) novas parcelas do auxílio emergencial para 3,6 milhões nascidos em julho. Serão 1,3 milhão de beneficiários que receberão da 1ª à 5ª parcela de R$ 600 e outros 2,3 milhões, a primeira extra de R$ 300. O saque em dinheiro para esse grupo será liberado em 26 de novembro. Neste sábado (17), não haverá pagamento de auxílio, mas será liberado o saque emergencial do FGTS para trabalhadores nascidos em julho e agosto. O auxílio volta a ser pago na segunda-feira, para o grupo do Bolsa Família, que começa a receber a segunda parcela extra de R$ 300. Para os beneficiários que recebem em depósito nesta sexta, o valor pode ser movimentado por meio do aplicativo Caixa Tem. Com ele, é possível realizar compras, por meio do cartão de débito virtual e QR Code, pagar de boletos, contas de água, luz, telefone, entre outros serviços. O auxílio foi pago a 67,7 milhões de pessoas, num total de R$ 226,4 bilhões desde abril. De três parcelas, o benefício passou para cinco de R$ 600 cada, no caso de mãe chefe de família, R$ 1.200. Depois, foram definidas mais quatro com valor menor, de R$ 300, até dezembro. Mas só vão receber a extensão do auxílio aqueles que se enquadram nos novos requisitos estabelecidos. Com isso, deixaram de ganhar o benefício extra 21 milhões de pessoas, ou seja, 56% do total de 48 milhões elegíveis para as cinco parcelas de R$ 600.

COM UM ÚNICO VOTO CONTRÁRIO TRAFICANTE ANDRÉ DO RAP TEM ORDEM DE PRISÃO

O STF (Supremo Tribunal Federal) confirmou na tarde desta quinta-feira (15), por 9×1, a ordem de prisão ao traficante André do Rap. O plenário debateu a decisão do ministro Marco Aurélio Mello, que libertou o traficante no sábado (10), e a consequente decisão do presidente da Corte, Luiz Fux, que derrubou o habeas corpus e determinou nova ordem de prisão, quando o traficante, porém, já havia sido libertado. André do Rap, considerado um dos chefes de uma facção criminosa que atua dentro e fora dos presídios, está foragido e já foi incluído em lista de procurados da Interpol. Ele possui condenações em segunda instância a 25 anos de prisão. O julgamento da decisão de Fux começou na quarta-feira (14), quando já se formou maioria a favor da nova ordem de prisão. Nesta quinta, outros três ministros anunciaram a adesão à manutenção da ordem de prisão, levando o placar para 9×0. Os magistrados procuraram marcar posição, porém, contra o ato de Fux de cassar uma liminar de um de seus pares, apontado como ilegal. A única contrariedade foi expressa pelo ministro Marco Aurélio Mello, que criticou Fux e afirmou que sua decisão está dentro da lei. 

DE OLHO NO MERCADO TURÍSTICO BRASILEIRO

Cruzeiros Universitários | Guia de Viagem e Dicas de Turismo
Cuidados com a saúde durante cruzeiros marítimos | Segue Viagem

A história do navio de cruzeiro Diamond Princess, que precisou permanecer por um mês e meio em quarentena no porto de Yokohama, no Japão, após mais de 700 passageiros testarem positivo para o coronavírus e 10 morrerem, em fevereiro deste ano, é uma das mais marcantes da pandemia. O “cruzeiro do terror”, como foi chamado, ainda assombra turistas que planejam suas próximas férias. As empresas de cruzeiro, no entanto, têm reformulado profundamente seus controles sanitários e protocolos de embarque para recuperar a confiança dos potenciais passageiros. Muitas dessas mudanças já são vistas na Europa, onde os cruzeiros voltaram ao Mediterrâneo em agosto. Na MSC, por exemplo, todos os passageiros e tripulantes passam por três testes para verificar a presença do coronavírus. Se alguém tiver a doença detectada, é impedido de entrar no navio e encaminhado às autoridades sanitárias. Para evitar aglomeração em shows, aulas de ginástica ou teatros, todas as atividades são marcadas com antecedência. Os clientes também recebem pulseiras de pagamento que facilitam as transações por todo o navio. Restaurantes, bares e lounges foram reprojetados para possibilitar o distanciamento social, e todas as refeições e bebidas são servidas aos hóspedes em suas mesas, sem o tradicional self-service no bufê. Se aprontando para o início da temporada brasileira, as companhias elaboraram uma série de protocolos para aumentar a segurança nos percursos.

DIA MUNDIAL DA ALIMENTAÇÃO – BRASIL UM CELEIRO PARA O MUNDO

Dia 16 de outubro; Dia Mundial da Alimentação - Pars Today

Em uma história e trajetória que reúnem recursos naturais abundantes, ciência e empreendedorismo, especialmente por parte de agricultores gaúchos, em 40 anos o Brasil deixou de ser importador para se tornar um dos maiores produtores e exportadores globais de alimentos. Por isso, neste dia 16 de outubro, quando se comemora o Dia Mundial da Alimentação, o agronegócio nacional também merece uma salva de palmas. O Brasil é hoje o segundo maior exportador de alimentos, atrás apenas dos Estados Unidos. O campo fez a sua parte, e muito mais. O Brasil ampliou sua produção de grãos, por exemplo, em 500% nas últimas quatro décadas com um aumento de apenas 70% na área plantada, de acordo com a Embrapa. Hoje, o País produz comida suficiente para estimados 1,6 bilhão de pessoas, ou seja, um excedente de 1,4 bilhão, já que somos 200 milhões, destacam, em coro, representantes da Embrapa e da Federação de Agricultura do Estado (Farsul). Olhando para o futuro, é o Brasil a maior aposta global para que, em 2050, exista alimentos para todos no planeta. Como o Brasil conseguiu essa incrível ascensão como potência alimentar mundial é algo que precisa ser explicado por diferentes aspectos. A abundância de recursos naturais de água e solo e a própria questão solar, que caracteriza um país tropical, são apenas alguns dos fatores. Estes, foram elementos essenciais, mas porque junto a isso vieram a ciência e a pesquisa agropecuária. Só assim se conseguiu chegar a uma adequada agricultura nos trópicos com grãos exóticos à região, como soja, milho e arroz. Nenhuma destas tão presentes nas lavouras, atualmente, são nativas do Brasil. “O nosso grande diferencial foi, na verdade, gerar uma agricultura desenvolvida para os trópicos, adaptada às nossas características, baseada em ciência e tecnologia”, elogia Ladislau Martin Neto, físico e pesquisador da Embrapa.

Comentários