PASSAMOS DOS 5 MIL MORTOS

O número de mortes por Covid-19 chegou a 5.100 nesta sexta-feira no Rio Grande do Sul. De acordo com a Secretaria Esatdual de Saude (SES), de ontem para hoje foram 32 novos óbitos reportados por municípios gaúchos. Esse volume divulgado hoje pela pasta corresponde a óbitos ocorridos entre setembro e 8 de outubro. A atualização da SES também registrou a inserção de de 2.249 novos infectados no sistema de monitoramento estadual. Com os novos números, o total de casos confirmados de coronavírus, desde o início da pandemia, passa a ser de 211.773 no Estado. A pasta aponta, ainda, que este volume está distribuído por 99% do solo gaúcho – alcançando 495 de 497 cidades. Apenas as cidades de Cerro Branco e Garrunchos ainda não registaram nenhum caso do vírus. Porto Alegre reportou nas últimas 24 horas o total de 12 novos óbitos, subindo para 1.102 o número total de vítimas fatais pela Covid-19. De acordo com os dados estaduais, a metrópole ainda acumula 34.102 infectados – o maior volume de casos confirmados no Estado. A Capital e mais onze municípios até o momento registraram mais de cem mortes pela doença.

PIX BATE RECORDE DE ADESÃO

Nos cinco primeiros dias de cadastramento, 24.821.312 chaves foram registradas no Pix, o novo sistema de pagamentos instantâneos operados pelo Banco Central (BC) que começará a funcionar em 16 de novembro. O volume foi registrado das 9h de segunda-feira (5) até as 18h de hoje (9). As chaves do Pix são uma combinação para que o cliente – pessoa física ou jurídica – possa pagar e receber dinheiro em até dez segundos. A chave é composta por uma das três informações, número de celular, e-mail ou CPF/CNPJ, que o correntista deverá digitar para fazer as transações. Caso o cliente não queira cadastrar o celular, o e-mail, o CPF ou o CNPJ, pode pedir ao banco um EVP (sequência de 32 dígitos) como chave do Pix. Essa chave serve como apelido para identificar as contas do novo sistema de pagamentos.

APARECEM REGIÕES AMARELAS

As regiões de Bagé, Palmeiras das Missões e Pelotas foram classificadas com a bandeira amarela no mapa preliminar da 23ª rodada do Distanciamento Controlado, divulgado nesta sexta-feira. As áreas foram consideradas de risco epidemiológico baixo no Rio Grande do Sul, conforme avaliou o governo estadual. Esta é a primeira vez, desde a oitava rodada do plano, no fim de junho, que o Estado volta a apresentar regiões em bandeira amarela. As outras 18 foram classificadas preliminarmente como bandeira laranja. Santa Maria, que foi a única região a ficar com a bandeira vermelha na última avaliação, apresentou melhora nos indicadores e retornou à bandeira laranja nesta semana. Além de Santa Maria, permanecem com a bandeira laranja as seguintes regiões: Cachoeira do Sul, Canoas, Capão da Canoa, Caxias do Sul, Cruz Alta, Erechim, Guaíba, Ijuí, Lajeado, Novo Hamburgo, Passo Fundo, Porto Alegre, Santa Cruz do Sul, Santa Rosa, Santo Ângelo, Taquara e Uruguaiana. 

FERIADÃO

O feriadão de 12 de outubro está sendo o primeiro dentro da pandemia a provocar uma acentuada intensificação na circulação das pessoas. No final da tarde desta terça-feira, o movimento nas rodovias que levam ao Litoral Norte aumentou quase de forma súbita. Na Estação Rodoviária de Porto Alegre, o número de passageiros também sofreu uma elevação, mas mesmo assim, em nada lembrava feriadões de outros anos. Na BR 290, a freeway, por exemplo, pelas 15 horas desta sexta-feira registrava em torno de 50 veículos por minuto passando pela praça de pedágio de Santo Antônio da Patrulha. Depois das 16h30min, este número ultrapassa os 90 e às 18 horas já era de cerca de 115 por minuto. A CCR Viasul, concessionária do trecho, informou que não fez uma projeção do volume de veículos para esta ocasião. Entretanto confirmou que está com operação completa, com toda sua estrutura de atendimento nas rodovias à disposição, e reforço de plantão, se necessário. A RS 040, que liga Porto Alegre a Balneário Pinhal e Cidreira, também tem movimento intenso, com 14 veículos/minuto na direção praias, segundo dados da EGR, que administra a estrada. Em ambos os trechos, o tráfego fluiu sem registro de congestionamento até o começo de noite. Na Estação Rodoviária de Porto Alegre, o gerente de operações do terminal, Jorge Rosa, estima um movimento em torno de 15 mil usuários. “Pensar que em outros feriados chegamos a 50 mil pessoas”, compara. No momento, devido às bandeiras laranjas do Distanciamento Controlado da Covid-19, os ônibus intermunicipais só podem circular com 75% das poltronas ocupadas.

ELEIÇÕES: TRE BUSCA MESÁRIOS

O Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Sul (TRE) ainda busca 13,4 mil pessoas para atuar como mesários e auxiliares de mesários nas eleições do dia 15 de novembro. Até aqui, segundo a Justiça Eleitoral gaúcha, já confirmaram presença 85,2 mil dos 98,6 mil necessários. Essas vagas em aberto se devem, segundo o TRE, especialmente aos pedidos de dispensa: são pessoas que foram convocadas e que, desde então, apresentaram junto a Justiça impedimentos para comparecer ao pleito. Há também casos de convocações ainda não realizadas. Confira a lista dos mesários

Comentários