Caixa Econômica paga mais uma parcela de auxílio

Mais 5,7 milhões de beneficiários recebem novas parcelas do auxílio emergencial de R$ 600 nesta sexta-feira (31). A Caixa vai creditar na conta poupança digital a primeira, segunda, terceira e quarta parcelas para 3,8 milhões nascidos em abril, que fazem parte do ciclo 1 do novo calendário. Outro 1,9 milhão do Bolsa Família, com o NIS final 0, receberá o auxílio, finalizando o pagamento da quarta parcela para esse grupo. Neste sábado, mais de 700 agências da Caixa vão abrir em todo o país, das 8h às 12h, para a liberação do saque em dinheiro a 7,4 milhões nascidos em fevereiro e março. O auxílio primeiro é depositado na conta poupança digital, em que o beneficiário pode movimentar para pagamento de boletos, conta de água, luz e telefone, além de fazer compras, por meio do aplicativo Caixa Tem. O resgate em dinheiro e transferência só são liberados no calendário de saque. Organizado por ciclos, o pagamento das cinco parcelas do auxílio emergencial vai até dezembro. Já para o grupo do Bolsa Família segue o calendário normal do programa, sempre nos últimos dez dias úteis do mês. O auxílio, criado para combater os impactos da pandemia de covid-19 na população de baixa renda e trabalhadores informais, já foi pago para 65,3 milhões de pessoas, num total de R$ 136,3 bilhões. O valor é de R$ 600, mas para mães chefes de família chega a R$ 1.200.

Novo Recorde

Rio Grande do Sul bateu um novo recorde de registros de mortes por Covid-19. De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde (SES), nas últimas 24 horas, foram confirmados mais 75 novos óbitos no Estado. Na terça-feira, foram 69 vítimas e ontem, 70. Com isso, o Estado já contabiliza, no total, 1.825 mortes por Covid-19 desde o início da pandemia. A pasta ainda registrou 2.041 novos casos confirmados da Covid-19. Com o número, o Rio Grande do Sul passa a somar 66.473 pessoal infectadas pelo novo coronavírus. Dos casos confirmados registrados pela SES, 56,5 mil dos pacientes já estão recuperados – o que representa 85% do total. A atualização desta quinta-feira teve ainda 64 casos excluídos por duplicidade ou revisão de resultado.

O Banco Mundial confirma que o Sr. Abraham Weintraub

O ex-ministro da Educação Abraham Weintraub (foto) foi confirmado nesta quinta-feira como diretor executivo do Banco Mundial, que tem sede em Washington. “O Banco Mundial confirma que o Sr. Abraham Weintraub foi eleito pelo grupo de países (conhecido como constituency) representando Brasil, Colômbia, República Dominicana, Equador, Haiti, Panamá, Filipinas, Suriname e Trinidad e Tobago para ser Diretor Executivo no Conselho do Banco.” “O Sr. Weintraub deve assumir seu cargo na primeira semana de agosto e cumprirá o atual mandato que termina em 31 de outubro de 2020, quando a posição será novamente aberta para eleição. Diretores Executivos não são funcionários do Banco Mundial. Eles são nomeados ou eleitos pelos representantes dos nossos acionistas”, enfatiza a nota da instituição. Weintraub foi eleito para servir até 31 de outubro de 2020, quando serão necessárias nova nomeação e eleição. No cargo, ele receberá salário de US$ 21,5 mil mensais (o equivalente a R$ 110 mil).

Empresa de Nova Prata fabrica respirador

A equipe da empresa Spark, que desenvolveu um respirador mecânico emergencial de baixo custo, realizou a entrega do equipamento na tarde desta quinta-feira (30) ao Hospital São João Batista de Nova Prata. O empreendimento pratense, que é especializado em soluções inovadoras de tecnologia, projetou o aparelho com desenhos mecânicos simples e peças acessíveis, o que pode ser replicado com facilidade. O evento de entrega do equipamento ocorreu na sede da empresa e, por medidas de proteção, reuniu um pequeno número de funcionários administrativos e engenheiros da Spark, além de autoridades locais de Nova Prata. Para evitar a aglomeração de pessoas, o ato foi transmitido ao vivo pela internet. Normalmente, pela demanda atual, o equipamento tem prazos de entrega que ultrapassam seis meses e custos a partir de R$ 60 mil. Segundo o proprietário e CEO da Spark, Adio Garda, as peças utilizadas foram estimadas em R$ 2,5 mil. Como a intenção da criação do respirador foi para doação, não foram calculados os custos com mão de obra.  A ideia surgiu no final do março e assim começamos a realizar estudos baseados em projetos desenvolvidos no exterior. Após passar por, no mínimo, dois protótipos, fizemos as montagens e realizamos ensaios de desenvolvimento em um laboratório para verificar os parâmetros do equipamento gerado e se a faixa de operação era adequada ao uso hospitalar – conta Eduardo Mazzarolo.

Bolsonaro no RGS

O presidente Jair Bolsonaro retorna ao Rio Grande do Sul para cumprir agenda na região da Campanha nesta sexta-feira (31). Bolsonaro deve participar da entrega de um condomínio residencial em Bagé. A cerimonia está prevista para às 15 horas no bairro Tarumã. O ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, deve acompanhar o presidente. A visita de Bolsonaro acontece após o último exame mostrar negativo para a Covid-19. Bolsonaro estava afastado desde o dia 7 de julho, quando anunciou ter contraído o novo coronavírus. Nesta quinta-feira, o presidente disse em transmissão ao vivo que está tomando antibiótico e falou em ‘mofo no pulmão’ após a Covid-19. Ontem, o Palácio do Planalto anunciou que os exames da primeira-dama, Michelle Bolsonaro, também deram positivo para o coronavírus. A última visita de Bolsonaro ao Estado aconteceu no dia 20 de abril. Na ocasião, Bolsonaro e o seu vice, Hamilton Mourão, estiveram em Porto Alegre para participar da posse do novo chefe do Comando Militar do Sul.

Comentários