ENEM inscrições encerram hoje

As inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020 estão abertas até esta quarta-feira (27) e devem ser feitas por meio da internet. O prazo começou no dia 11 e terminaria no dia 22, mas foi estendido por mais cinco dias. Neste ano, será obrigatória a inclusão de uma foto atual do participante no sistema de inscrição, que deverá ser utilizada para procedimento de identificação no momento da prova. De acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), as fotos poderão ser alteradas ou inseridas após o período de inscrições, na Página do Participante.

Prefeito de Rio Pardo pela Polícia Federal

São 129 medidas judiciais na investigação, que apura crimes de fraude à licitação, peculato, corrupção passiva, organização criminosa, ocultação de bens, crime de responsabilidade e desobediência. O alvo da investigação é o contrato para administração da área da saúde da cidade. Uma operação conjunta envolvendo Polícia Federal, Controladoria-Geral da União, Tribunal de Contas do Estado, Ministério Público Federal e Ministério Público do Rio Grande do Sul cumpre, na manhã desta quarta-feira (27), mandados de prisão no município de Rio Pardo, no Vale do Rio Pardo. Entre os presos está o prefeito, Rafael Barros (PSDB), que, por determinação judicial, teve ainda o mandato suspenso por 180 dias. O secretário da Saúde, Augusto Pellegrini, e o procurador do município, Milton Coelho, também foram detidos.

Ação da PF contra fake news

A Polícia Federal (PF) cumpre, na manhã desta quarta-feira (27), mandados de busca e apreensão em cinco Estados e no Distrito Federal no âmbito do inquérito do Supremo Tribunal Federal (STF) contra fake news. As diligências apuram notícias falsas, ameaças e ofensas caluniosas, difamatórias e injuriosas contra ministros da Corte e familiares deles. De acordo com a PF, são 29 mandados de busca e apreensão. Os agentes cumprem as ordens judiciais no Distrito Federal, no Rio de Janeiro, em São Paulo, no Mato Grosso, no Paraná e em Santa Catarina. O inquérito é presidido pelo ministro Alexandre de Morares. Podem ser alvo da ação parlamentares e procuradores que, no entendimento dos ministros, tenham levado a população a ficar contra o Supremo. Um dos alvos é o ex-deputado federal Roberto Jefferson, presidente nacional do PTB.

Fraudes no recebimento do auxílio emergencial

A Controladoria-Geral da União (CGU) identificou mais de 160 mil possíveis fraudes no recebimento do auxílio emergencial de R$ 600 destinado a trabalhadores informais. De acordo com o ministro da CGU, Wagner Rosário, as irregularidades envolvem proprietários de veículos que custam acima de R$ 60 mil, donos de embarcações e pessoas que doaram mais de R$ 10 mil nas últimas eleições. Rosário informou que a lista com os cerca de 50 milhões de cadastrados para receber o benefício será divulgada em até 15 dias. “Em 12 a 15 dias vamos estar colocando em transparência toda a base do recebimento do auxílio emergencial. Todas as pessoas que vêm recebendo para que o cidadão possa ele mesmo fiscalizar”, disse Wagner Rosário em entrevista coletiva no Palácio do Planalto, na noite desta terça.

Dinhero do PIS/PASEP ainda sem saque

A dois dias do fim do prazo para a retirada do PIS/Pasep referente ao ano base de 2019/2020, 2,5 milhões de pessoas com direito ao abono salarial não sacaram o benefício. O número representa 11% do total. O valor não retirado e que está disponível para o saque chega a R$ 1,6 bilhão. No caso do PIS, segundo a Caixa, responsável pelo pagamento do benefício aos trabalhadores da iniciativa privada, dos 21,8 milhões aptos a receber, 19,6 milhões sacaram o dinheiro, desde o início do pagamento, em julho de 2019, num total de R$ 17 bilhões. O total ainda disponível é de R$ 1,3 bilhão. Já o Pasep, de acordo com o Banco do Brasil, que realiza o pagamento do abono as funcionários públicos, ainda estão disponíveis para saques cerca de 370 mil abonos, totalizando cerca de R$ 300 milhões.

COVID 19 – mais um recorde de mortos

O Brasil registrou 1.039 novas mortes causadas pela covid-19 nas últimas 24 horas, o que aumentou o total de óbitos pela doença para 24.512 no País, segundo balanço divulgado na noite desta terça-feira, 26, pelo Ministério da Saúde. De ontem para hoje, 16.324 novos casos de infecção pelo novo coronavírus foram registrados e agora já são 391.222 pessoas contaminadas. Do total de óbitos confirmados, somente 284 ocorreram nos últimos três dias. O restante aconteceu em período anterior, mas só teve agora a confirmação. O ministério informou que outros 3.882 óbitos estão em investigação por suspeita de covid-19.

Comentários