PF investiga Wilson Witzel governador do Rio

A Polícia Federal faz uma operação na manhã desta 3ª feira (26.mai.2020) no Palácio das Laranjeiras, residência oficial do governador do Rio, Wilson Witzel (PSC). Em nota, a PF comunicou que a operação Placebo foi deflagrada com o objetivo de investigar desvios de recursos públicos que chegam a 1 bilhão de reais destinados ao atendimento do estado de emergência de saúde pública decorrente da pandemia de covid-19. São cumpridos 12 mandados de busca e apreensão no Rio e em São Paulo. As ordens foram expedidas pelo STJ (Superior Tribunal de Justiça).

Projeto do Senado proíbe corte de serviços públicos

O Senado o projeto que proíbe corte de serviços públicos sem aviso prévio. A matéria vai à sanção presidencial. A proposta estabelece que a empresa que quiser cortar o fornecimento deverá comunicar o consumidor informando o dia e o horário em que ocorrerá. A proposta é de autoria do Senador Weverton (PDT-MA) e estabelece que a interrupção de serviços como água e luz não ocorrer ou ter início na 6ª feira, no sábado ou no domingo. Também está proibido o corte em feriados e vésperas de feriados. Ainda assim, a empresa que quiser cortar o fornecimento deverá comunicar o consumidor informando o dia e o horário em que ocorrerá. Deve ser obrigatoriamente em horário comercial. Caso isso não seja feito, a empresa será multada e o cliente não precisará pagar nenhuma taxa de religamento.

Tem mais 7,6 milhões de reais para trabalhadores

A Caixa Econômica Federal (CEF) credita nesta terça-feira (26) novos lotes do Auxílio Emergencial, tanto da primeira parcela, para novos aprovados, quanto da segunda, para quem recebeu a anterior até 30 de abril. Ao todo, o benefício será pago a 7,6 milhões de trabalhadores, segundo o banco. Com os pagamentos desta terça, a Caixa conclui os pagamentos da segunda parcela para os beneficiários que receberam a primeira parcela até 30 de abril e que não fazem parte do programa Bolsa Família.

Coronavirus chegou a mais da metade do RS

O Coronavirus já chegou a mais da metade dos municípios no Rio Grande do Sul. Dados da Secretaria Estadual da Saúde (SES) disponíveis até as 19h desta segunda-feira (25) indicavam que 258 prefeituras registraram pelo menos um paciente de covid-19 desde o começo da pandemia — o equivalente a 51,9% das cidades gaúchas. Nas últimas duas semanas, regiões da Produção e da Serra concentraram maiores aumentos percentuais de casos de covid-19. Nas últimas duas semanas, 64 novas localidades notificaram ocorrências do vírus pela primeira vez.

Cotporã vai monitorar as famílias através de contato telefônico

Como as tradicionais visitas domiciliares realizadas pelos Agentes Comunitários de Saúde (ACS) estão suspensas devido à pandemia do Coronavírus, desde ontem, dia 25 de maio, os Agentes de Saúde de Cotiporã passaram a acompanhar e monitorar as famílias do município através de ligações telefônicas. O teleacompanhamento surgiu com o objetivo de identificar possíveis alterações na saúde dos cidadãos e manter os vínculos estabelecidos entre a equipe de saúde e a comunidade cotiporanense. As ligações são efetuadas através de um ramal da Secretaria de Saúde e Assistência Social e o Agente irá questionar sobre sintomas gripais, cuidados com doenças crônicas, alterações na saúde física e mental, além de repassar orientações de acordo com as informações coletadas.

Região das Hortência começam a reabrir

Canela e Gramado tiveram principal atividade econômica afetada pela pandemia. Depois de cancelar a programação de Páscoa, época com mais movimento turístico no município depois do Natal, Canela começou a liberar, nas últimas semanas, a retomada de diversas atrações. Até esta segunda-feira (25), quase todos os principais pontos de visitação do município tinham reaberto as portas. Oos parque foram os primeiros a retornar as atividades.

Comentários