Inscrições ao Enem 2020 terminam nesta sexta-feira

Esta sexta-feira (22) é o último dia para realizar a inscrição do Enem 2020, na Página do Participante. O prazo começou no dia 11 de maio. A taxa de inscrição esse ano custa R$ 85 e deve ser paga até o dia 28 de maio, exceto para aqueles que têm direito à isenção. Adiada pelo Inep na última quarta-feira (20), a prova será adiada a uma nova data a ser definida. A pandemia de Covid-19 também pode alterar o formato da avaliação.

Pedidos de seguro-desemprego sobem 76,2%

Os pedidos de seguro-desemprego na primeira quinzena de maio subiram 76,2% sobre igual período do ano passado, a 504.313 solicitações, informou o Ministério da Economia nesta quinta-feira (21). De janeiro até a primeira quinzena de maio foram 2.841.451 pedidos de seguro-desemprego, alta de 9,6% ante igual etapa de 2019. Os dados ilustram o impacto da pandemia de Covid-19 sobre o mercado formal de trabalho.

Restituição do imposto de renda

A consulta ao primeiro lote de restituição do Imposto de Renda da Pessoa Física 2020 estará disponível a partir das 9h desta sexta-feira, 22. Segundo a Receita Federal, o primeiro lote deve contemplar contribuintes idosos ou portadores de doenças graves. Neste ano, o cronograma de restituições foi antecipado para maio e a quantidade de lotes reduzidos de sete para cinco. O pagamento do primeiro lote está programado para o dia 29 de maio, antes do fim do prazo de entrega das declarações, que vai até 30 junho de 2020. A antecipação é uma iniciativa da Receita Federal para mitigar os efeitos econômicos da pandemia de Covid-19.

Aparelho de raio ultravioleta ajuda a desinfetar superfícies

Apesar das incertezas sobre os limites de sua aplicação do método, uma empresa francesa desenvolveu um aparelho de UV que já está sendo testado em clínicas e hospitais para desinfetar superfícies e ambientes. A China já instalou lâmpadas ultravioleta em robôs para desinfetar cerca de 2000 hospitais. No Brasil, pesquisadores da USP também desenvolveram uma espécie de rodo UV para desinfetar o chão.

Agencias do INSS fechadas até 19 de junho

As agências do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) de todo o Brasil seguirão fechadas até 19 de junho, devido à pandemia do coronavírus. Uma portaria com a nova data foi publicada no Diário Oficial da União desta sexta-feira (22). Em março, o governo publicou portaria determinando que as unidades ficassem fechadas até 30 de abril, mas o prazo foi estendido. Assim, o atendimento no INSS continuará a ser feito por meio dos canais de atendimento remoto: sites Meu INSS e INSS, aplicativo Meu INSS e telefone 135.

Coronavirus: mais mortes no RS

No Rio Grande do Sul, foram registradas cinco mortes nas últimas 24 horas, elevando o total absoluto para 166, conforme balanço da Secretaria Estadual da Saúde. No período, também foram computados mais 500 novos casos. Com isso, o total de casos passou de 4.973 para 5.473. O número de recuperados subiu de 3.736 para 3.907. São Paulo segue sendo o epicentro da pandemia no país, concentrando o maior número de mortes: 5.558 — 195 registros nas últimas 24 horas. O Estado é seguido pelo Rio de Janeiro (3.412), Ceará (2.161), Pernambuco (1.925) e Pará (1.852). Ainda levando em conta dados do dia anterior, o Ministério da Saúde informou que a pandemia de coronavírus já afeta 62% dos municípios no Brasil. O número de cidades afetadas pulou de 297, no dia 28 de março, para 3.488 no dia 20 de maio, segundo levantamento da pasta.

Pandemia e os problemas de saúde mental

Os problemas de saúde mental estão aumentando durante a pandemia de Covid-19 e o isolamento social forçado, segundo estudo da Universidade do Estado do Rio (Uerj). Publicado online pela The Lancet, embora ainda sem revisão, o levantamento revelou que casos de ansiedade e estresse mais do que dobraram, enquanto os de depressão tiveram aumento de 90%. A pesquisa, revela que as mulheres são mais propensas a sofrer com ansiedade e depressão durante a pandemia, em especial as que continuam trabalhando, porque se sentem ainda mais sobrecarregadas acumulando tarefas domésticas e cuidados com os filhos em casa. Outros fatores de risco são a alimentação desregrada, doenças preexistentes e a necessidade de sair de casa para trabalhar.

Vacina contra o COVID 19: EUA compram 300 milhões de doses

O Governo dos EUA comprou 300 milhões de doses de uma vacina contra a Covid-19 que está sendo desenvolvida pela companhia farmacêutica AstraZeneca em parceria com a Universidade de Oxford, no Reino Unido. Entretanto, a própria companhia farmacêutica que está desenvolvendo a vacina reconhece que ela ainda está em testes e pode não funcionar. A empresa afirma já ter vendido 400 milhões de doses, incluindo o pedido dos EUA, e que tem capacidade para produzir até 1 bilhão de doses da AZD1222 até o final do ano que vem. Vale mencionar que a vacina, anteriormente conhecida como ChAdOx1 nCoV-19, ainda está em desenvolvimento e a AstraZeneca reconhece que ela “pode não funcionar”. Um teste clínico de Fase I/II com 1.000 voluntários saudáveis no sul da Inglaterra, com idades entre 18 e 55 anos, foi iniciado no mês passado. Os resultados deste teste estarão disponíveis “em breve”. Se forem o esperado, testes de Fase III em larga escala, com até 30 mil participantes, poderão ser realizados ainda neste ano em vários países.

Comentários