> No primeiro dia de atendimento na Unidade de triagem respiratória organizada na UBS Universal em Veranópolis, rua Heriberto Pedro Ledur, 55 que iniciou às 10 horas desta sexta-feira, dia 20 de março, até às 16 horas desse mesmo dia, foram realizados 22 atendimentos, destes:
19 casos sintomáticos respiratórios e por esse motivo foi solicitado a essas pessoas e sua família que permaneçam em isolamento domiciliar;
03 casos foram encaminhados ao Hospital Comunitário São Peregrino Lazziozi, sendo dois casos por apresentarem pequena falta de ar e ou outro por ter suspeita de contato com pessoa contaminada, possibilidade que foi avaliada com maior profundidade e foi descartada em seguida. Zero casos de contaminação com o COVID-19.

O Ministério da Saúde declarou nesta sexta-feira, 20, estado de transmissão comunitária do novo coronavírus em todo o Brasil. A ação tem a intenção de unificar ações em todos os Estados e tornar mais restritivas as medidas de contenção do covid-19, como a restrição da circulação de pessoas acima de 60 anos. O documento também garante a possibilidade de atestado médico para a família de pessoas com sintomas de gripe, independente da idade.

A hidroxicloroquina, um remédio usado contra alguns tipos de malária e doenças reumatológicas, combinado com azitromicina, apresentou resultados preliminares interessantes contra o novo coronavirus (Sars-Cov-2). Em decorrência disso, a FDA, agência dos Estados Unidos que regula medicamentos, anunciou que irá iniciar testes mais robustos em seres humanos. No Brasil apenas um paciente em São Paulo foi submetido ao tratamento com estas drogas quatro dias atrás e apresentou melhoras.

O Ministério da Saúde inicia na segunda-feira (23/3) a Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe. Nesta primeira etapa, os públicos prioritários são idosos e trabalhadores da saúde. Serão realizadas mais duas etapas em datas e para públicos diferentes, alcançando cerca de 67,6 milhões de pessoas em todo o país. A meta é vacinar, pelo menos, 90% de cada um desses grupos, até o dia 22 de maio. Para isso, foram adquiridas 75 milhões de doses da vacina, que já estão sendo enviadas aos estados. O dia “D” de mobilização nacional para a vacinação acontece no dia 9 de maio (sábado). Nesta data, os 41 mil postos de saúde ficarão abertos para atender todos os grupos prioritários.

Neste ano, o Ministério da Saúde mudou o início da campanha, de abril para março, para proteger de forma antecipada os públicos prioritários contra os vírus mais comuns da gripe. A vacina contra influenza não tem eficácia contra o coronavírus, porém, neste momento, irá auxiliar os profissionais de saúde na exclusão do diagnóstico para coronavírus, já que os sintomas são parecidos. E, ainda, ajuda a reduzir a procura por serviços de saúde. Estudos e dados apontam que casos mais graves de infecção por coronavírus têm sido registrados em pessoas acima de 60 anos, grupo que corresponde a 20,8 milhões de pessoas no Brasil. Por isso, a primeira etapa da campanha contempla esse público.

Comentários