Governo encaminha privatização de pontos turísticos

Decreto do presidente Jair Bolsonaro, publicado no Diário Oficial da União desta terça-feira (3), qualificou três dos mais conhecidos pontos turísticos brasileiros para o Programa de Parcerias de Investimento, que estuda a viabilidade de privatização para órgãos estatais. A medida encaminha a desestatização dos parques nacionais dos Lençóis Maranhenses, no Maranhão; de Jericoacoara, no Ceará, e do Iguaçu, no Paraná – onde estão localizadas as cataratas do Iguaçu.

4 em cada 10 alunos não aprendem nem o básico

A nota dos estudantes brasileiros de 15 anos teve uma leve melhora na maior avaliação de educação básica do mundo, o Pisa. No entanto, 4 em cada 10 adolescentes não conseguem identificar a ideia principal de um texto, ler gráficos, resolver problemas com números inteiros, entender um experimento científico simples. Apesar de não ter registrado aumento expressivo no aprendizado de leitura, matemática e ciências entre alunos de 15 anos, o Brasil foi destaque positivo em outro aspecto educacional: inclusão. Conforme o relatório do Programa Internacional de Avaliação de Estudantes Pisa. 2018, divulgado nesta terça-feira (3), o Brasil, assim como o Uruguai, conseguiu melhorar o acesso de estudantes ao Ensino Médio, mesmo com o decréscimo populacional nessa faixa etária nos últimos 15 anos. A avaliação aponta ainda que isso foi feito sem que houvesse redução na qualidade do ensino. O país foi apenas um dos cinco citados pelo relatório como exemplares nesse quesito.

Bandeira amarela

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) informou que a bandeira tarifária da conta de luz para o mês de dezembro de 2019 será na cor amarela, com um acréscimo de R$ 1,343 para cada 100 quilowatts-hora consumidos. Em novembro, a bandeira foi vermelha no patamar I, quando há um acréscimo de R$ 4 para cada 100 quilowatts-hora consumidos. De acordo com a agência, a decisão de reduzir a bandeira se deve a previsão do incremento do volume de precipitações, após o início do período chuvoso, com maior volume de águas nas principais bacias hidrográficas do país.

PF prende homem que citou ataque a Bolsonaro

A Polícia Federal prendeu, na sexta-feira (29), e cumpriu dois mandados de busca e apreensão, no domingo (1º), um homem que planejava um atentado contra o presidente Jair Bolsonaro. O suspeito é funcionário terceirizado da Escola de Sargentos das Armas (ESA), do Exército Brasileiro, de Três Corações, em Minas Gerais. De acordo com as investigações, ele fez as ameaças pelas redes sociais e teve os planos frustrados após um colega ver as mensagens e vídeos e denunciar o caso.

Comentários