Professores entram em greve no estado

Professores da rede estadual de ensino do Rio Grande do Sul deram início ontem a uma greve por tempo indeterminado. Na quinta-feira, após a divulgação do pacote de medidas do governador Eduardo Leite, a categoria decidiu cruzar os braços contra as propostas que podem retirar benefícios da carreira do magistério, caso o projeto seja aprovado. Segundo a Secretaria Estadual da Educação (Seduc), de um total de 2.500 instituições de ensino, 2.261 responderam ao contato das Coordenadorias Regionais de Educação (CREs). Destas, 204 paralisaram totalmente e 284, parcialmente.

Sarampo: 9 milhões de jovens estão sem proteção

A cada dez casos confirmados de sarampo no País, três foram em jovens na faixa de 20 a 29 anos. Nos últimos 90 dias de surto ativo, essa faixa etária foi a mais acometida pela doença, com 1.729 casos, concentrando 30,6% das confirmações. Por ser o mais afetado, o grupo é o foco da segunda etapa da campanha nacional de vacinação contra o sarampo que começou na segunda-feira em todo o País.

Toffoli recua em decisão sobre relatórios do Coaf

O presidente do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli, revogou na segunda-feira (18) a decisão de pedir à Unidade de Inteligência Financeira, o antigo Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf), cópias de todos os Relatórios de Inteligência Financeira produzidos nos últimos três anos. No total, eram cerca de 19 mil relatórios sigilosos, que tinham informações sobre 600 mil pessoas e empresas, incluindo políticos com foro privilegiado.

A GASOLINA AUMENTOU

Após 53 dias sem reajustes, a Petrobras, comunicou a seus clientes ontem, segunda-feira (18) alta de R$ 0,05 no preço da gasolina. A medida representa um aumento médio de 2,7% e passa a vigorar nesta terça (19). O preço do diesel também será elevado, em R$ 0,026 por litro, segundo fontes. É um aumento médio de 1,2%, duas semanas após o último ajuste, quando houve corte de 3%.

Comentários