Suinocultores fagundenses realizam visita técnica em Protásio Alves

A atividade agrícola exige alguns cuidados com a propriedade rural. As boas práticas agrícolas, caracterizam-se pela adoção de técnicas de produção menos impactantes ambientalmente, com o emprego de tecnologias mais limpas. Exemplo disso, são os suinocultores do município de Fagundes Varela. Há tempos eles vem implementando práticas na propriedade que visam minimizar, principalmente os impactos ambientais gerados à partir da criação de suínos. Assim, todos, por exemplo, possuem esterqueira impermeabilizada e, depois de um tempo que os dejetos estão depositados, os mesmos são aplicados nas áreas de cultivo, tanto na sua propriedade, como na dos vizinhos.
Pensando em melhorar o tratamento já dado aos dejetos, o Departamento do Meio Ambiente e Emater, oportunizaram aos suinocultores licenciados no Município, uma visita técnica a fim de conhecer sistemas de tratamento de dejetos. Foram visitadas duas propriedades, no município de Protásio Alves. A primeira, do produtor Roni Rosin, que utiliza o sistema de aeração aliada com adição de uma alga esterqueira e, após, a propriedade de Adir Baccarin, que utiliza o sistema de compostagem. Foram verificados o funcionamento de cada sistema, investimentos e principalmente as vantagens ambientais dos dejetos tratados.
Nas propriedades, os suinocultores fagundenses puderam conversar com os proprietários e tirar suas dúvidas, pois ambos já utilizam os sistemas a mais de um ano.
A regularização ambiental de qualquer atividade produtiva, além de obrigatória, constitui-se em uma medida essencial para a sustentabilidade socioambiental.
A prefeita Claudia Moreschi e toda sua equipe, acreditam que esta ação possa contribuir com a adoção de novas práticas na atividade agropecuária, visando sempre a preservação do meio ambiente.

Comentários