Ação da Receita Estadual fiscaliza R$ 32 milhões em operações sujeitas ao ICMS na Serra

Deflagrada na manhã desta quinta-feira (22/8) pela Receita Estadual, a Operação “Gancho e Lona” visa combater a sonegação de ICMS em empresas que atuam na comercialização de implementos rodoviários na Serra Gaúcha. Ao todo, serão fiscalizados mais de R$ 32 milhões em operações sujeitas ao pagamento do tributo por parte dos estabelecimentos, que têm atuação em todo o país.

A atuação ostensiva do fisco gaúcho, que também busca coibir práticas lesivas à concorrência leal entre empresas do ramo, é coordenada pela Delegacia da Receita Estadual de Caxias do Sul (3ª DRE) e conta com a participação de nove auditores-fiscais, dois técnicos tributários e o apoio do Batalhão da Polícia Fazendária.

O objetivo é realizar a busca e apreensão de documentos e provas que corroborem os indícios de formação de grupo econômico por parte das empresas,com o propósito de diluir o faturamento global e manter artificiosamente o enquadramento no Simples Nacional, regime de tributação simplificado que beneficia as micro e pequenas empresas.

A Receita Estadual informa ainda que, como forma de incrementar o combate à sonegação, está ampliando a atuação repressiva àqueles que, deliberadamente, descumprem a legislação, tendo programadas, para os próximos meses, outras operações em diversos setores da economia. A atuação do órgão tem o objetivo de recuperar os valores sonegados e proteger os contribuintes que pagam corretamente seus tributos, coibindo a concorrência desleal.

Texto: Ascom Sefaz/Receita Estadual
Edição: Secom

Comentários