Brilhe

Brilhe como os raios solares. Do mesmo modo que as plantas anseiam pelos raios solares, o homem anseia pela Luz Espiritual que emana do seu interior. Da mesma forma que as plantas se desenvolvem graças aos raios solares, o homem se desenvolve graças à Luz Espiritual que emana do seu interior. As pessoas de cuja fisionomia emana um brilho claro e puro, como os raios de sol, numa linda manhã, não só conseguem alcançar o pleno desenvolvimento de si próprias, como também dão alegria, otimismo e coragem a todos quantos delas se aproximam e revigoram os que estão desanimados e tristes. O Sol brilha por si mesmo, irradiando continuamente luz e calor, mas nem por isso se desgasta. Nele vemos representado o segredo do crescimento de todos aqueles que brilham por si mesmos. O Sol atrai para si incontável número de corpos celestes, assimila-os e fornece luz e calor a todas as coisas, sem sofrer desgaste por causa disso. Da mesma forma, as pessoas cujas almas brilham por si mesmas nunca se desgastam, por mais que forneçam luz e calor aos outros. Elas são também como um grande imã, pois a lei de atração dos semelhantes atua sobre elas, como em tudo o mais. Atraído pela luz que essas pessoas emitem, incontável número de coisas boas e radiosas junta-se ao redor delas, que, graças a isso, vão se enriquecendo, tanto no plano espiritual, como no plano material. Texto extraído do livro: A Verdade da Vida Volume 7 Autor: Masaharu Taniguchi

Comentários