BRASIL NO PAN

“Das 142 medalhas conquistadas pelo Brasil no Jogos Pan-Americanos de Lima, no Peru, até o fim da noite de quinta-feira (8), 95 foram conquistas por atletas do Bolsa Atleta, programa da Secretaria Especial do Esporte do Ministério da Cidadania. Ou seja, 82,6% dos triunfos brasileiros foram conquistados por bolsistas do patrocínio federal. Os Jogos acabam neste domingo.” “Ao todo, são 333 bolsistas brasileiros nos jogos Pan-Americanos e, destes, 122 já subiram ao pódio. O investimento federal anual nesse grupo de atletas premiados é de R$ 5,57 milhões. Levando em conta os 333 bolsistas, são R$ 14,6 milhões anuais, segundo dados do Governo Federal.” “Com este desempenho, os bolsistas estariam na segunda posição da classificação por medalhas, atrás apenas de Estados Unidos (240 medalhas). Se retirarmos as medalhas dos bolsistas, o Brasil teria apenas 10 medalhas no Pan de Lima.”

Medida imoral

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, usou as redes sociais nesta sexta-feira (9) para criticar o benefício de “saidinha” dado a assassinos de pais ou filhos para deixarem a prisão na data comemorativa do Dia dos Pais. Segundo ele, a medida é “imoral” e “afeta a confiança das pessoas na Justiça”“Parricidas ou filicidas não deveriam sair da prisão em feriado do dia dos pais. É imoral e afeta a confiança das pessoas no império da lei e da Justiça. Mas não adianta culpar o juiz. Precisa mudar a lei atual. Apoie o projeto de lei anticrime”, escreveu.

A Mega-Sena promete sortear o prêmio de R$ 5 milhões neste sábado (10) no concurso número 2.178. O valor está acumulado, porque nenhum apostador cravou os seis números do bilhete na última edição do concurso (2.177), realizada na quinta-feira (8).Houve 49 apostas que acertaram a quina, faturando R$ 26.809,19 cada. Outras 2.338 acertaram quatro números do bilhete e levaram R$ 802,67. Veja os números sorteados no concurso número 2.177: 09 — 11 — 14 — 31 — 48 — 51.

O almoço de domingo do Dia dos Pais já é uma tradição no Brasil – mas somos o único país do mundo a comemorar a data no segundo domingo de agosto. Claro, todos os países do mundo possuem uma dia para celebrar os pais, mas, assim como o dia das mães, essa comemoração não tem uma data fixa internacionalmente – e surgiu por diferentes razões ao redor do mundo. Por aqui, essa comemoração só foi instituída no calendário a partir de 1953, por ideia do publicitário Sylvio Bhering. O então diretor do jornal O Globo, aproveitando uma população predominantemente católica, lançou a campanha para que fosse comemorado o dia dos pais em 16 de agosto, dia de São Joaquim – pai de Maria e avô de Jesus. Segundo o jornal, a data tinha o objetivo de “fortalecer os laços familiares e celebrar o chefe da família”. A iniciativa pegou, e, nos anos seguintes, a data se estendeu para além do Rio de Janeiro (onde o jornal circulava principalmente), sendo celebrada por todo o Brasil.

Comentários