Horta Suspensa de Ervas Medicinais

O uso de espécies vegetais com fins terapêuticos sempre fez parte da cultura e da história humana, sendo os primeiros recursos terapêuticos utilizados pelos povos. Porém, com os avanços, está prática perdeu espaço. Assim, na Semana do Meio Ambiente, a Escola Municipal de Ensino Fundamental Senador Alberto Pasqualini procurou resgatar esse conhecimento, proporcionando aos alunos práticas que aliam saber sustentável e o gosto pelas antigas tradições.

Esta atividade compreendeu várias etapas, como a participação do GESAP para a revitalização dos pallets. Já a turma do sexto ano, juntamente com a professora de Ciências Juliana Peres Vargas, fizeram o plantio das mudas. Houve também um bate papo com Maria Teresa Rambo Lowe, da Emater, sobre os benefícios de cada espécie plantada, além da degustação de chás e outros alimentos.
Na última década, houve um aumento expressivo no interesse em substâncias derivadas de espécies vegetais, evidenciado pelo crescimento de publicações dessa linha de pesquisa nas principais revistas científicas das áreas de química e farmacologia. Após o auge do desenvolvimento da indústria farmacêutica e o domínio dos medicamentos sintéticos, hoje pelo menos 90% das classes farmacológicas incluem um protótipo de produto natural (World Health Organization, 2002). Dos 120 compostos ativos isolados de plantas superiores e utilizados atualmente, 74% têm o mesmo uso terapêutico nas sociedades nativas.

Fonte: Clara Lia Costa Brandelli, Mestre em Ciências Farmacêuticas.

Fotos: Emef Senador Alberto Pasqualini

Comentários