Amizade

Era uma vez uma flor que era muito especial. Era uma flor que nasceu no meio das pedras. Ninguém sabe como conseguiu crescer e ser um sinal de vida no meio de tanta tristeza. Passou uma jovem e ficou admirada com a flor. Logo pensou em Deus. Cortou a flor e a levou pra a igreja. Mas, após uma semana a flor tinha morrido. Passou um homem, viu a flor, pensou em Deus, agradeceu e a deixou ali, não quis cortá-la para não matá-la. Mas, dias depois, veio uma tempestade e a flor morreu. Passou uma criança e achou que aquela flor era parecida com ela, bonita, mas sozinha. Decidiu voltar todos os dias. Um dia regou, outro dia trouxe terra, outro dia podou, depois fez um canteiro e colocou adubo. Um mês depois, onde lá tinha só pedras e uma flor, havia um jardim. Assim se cultiva uma amizade. E se temos apenas o contato virtual e isso não nos permite cultivar as amizades como gostaríamos. Então que esta mensagem seja um pouquinho de adubo, para que as amizades nunca morram por falta de cultivo. A amizade é assim. É sentir o carinho, é ouvir o chamado. É saber o momento de ficar calado. Amizade é somar alegrias e dividir tristezas. É respeitar o espaço e silenciar o segredo. É a certeza da mão estendida. A cumplicidade que não se explica apenas se vive.

Comentários