DAER realiza força-tarefa para liberar o trânsito na Rota do Sol (ERS-486)

O Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (DAER) está realizando uma força-tarefa para liberar o trânsito no quilômetro 4 da Rota do Sol (ERS-486), em Itati. Desde o desmoronamento ocorrido no último domingo (26), uma série de profissionais esteve no local para averiguar a situação. “De engenheiros a geólogos, envolvemos um corpo técnico qualificado que, no mesmo dia do incidente, começou a atuar em busca de soluções efetivas e seguras”, afirma o diretor-geral do Departamento, Sívori Sarti.

De acordo com Sarti, o Comando Rodoviário da Brigada Militar (CRBM) prestou um apoio especial e fundamental para organizar o trânsito no trecho. “No domingo, a rodovia foi totalmente bloqueada, uma vez que havia risco de mais desmoronamentos. Prontamente, a equipe do CRBM se fez presente e realizou as orientações necessárias aos motoristas”, conta o diretor. Segundo a engenheira civil Daiani Trisch, da 16ª Superintendência Regional de Osório, os profissionais também garantiram a segurança dos trabalhadores que começaram a retirar as rochas soltas do trecho. “Essa ação iniciou ontem (4) e podemos afirmar que parte do sucesso dela vem do respaldo que temos dessas pessoas engajadas e determinadas a nos auxiliar na realização das atividades”, destaca.

Nesta quarta-feira (5), prossegue a retirada das rochas soltas do talude. Após esse serviço, ocorrerá a limpeza da rodovia. O material rochoso retirado deve permanecer em uma das faixas a fim de servir como “colchão” para amortecer o impacto em caso de novos deslizamentos. “O nosso objetivo é liberar a rodovia o mais breve possível, porém precisamos assegurar que não haja riscos para quem transita na Rota do Sol”, explica Trisch.

Mesmo após a liberação do tráfego, o DAER permanecerá monitorando a situação do trecho e deve realizar estudos visando a estabilização do talude. “Estamos atentos à situação e buscando as melhores soluções técnicas para que nenhum incidente volte a ocorrer”, finaliza Sarti.

Comentários