VEC vence no sufoco

OVeranópolis e Avenida foram a campo com um único objetivo na noite desta quarta-feira, dia 11: vencer e vencer. As duas equipes amargaram resultados negativos no Campeonato Gaúcho 2015 e precisavam garantir os 3 pontos para poderem respirarem mais tranquilos. Porém, a baixa qualidade das duas equipes ficou evidenciado ao longo da partida.

jogo ADF (7)O VEC até se saiu melhor no primeiro tempo, porém no segundo, a qualidade técnica deixou a desejar e o Avenida até se mostrou superior. O pentacolor abriu o marcador ainda nos primeiros toques na bola. Glauber fez o primeiro, logo aos 5min. Quem esperava que, com isso, o VEC fosse marcar mais gols na sequência, foi levemente enganado e até surpreendido, porque o Avenida voltou para o segundo tempo e Gabriel marcou o GOL de empate, aos 3min.

O Veranópolis chegou ao sofrido gol de empate aos 45min, do segundo tempo, com Afonso, em cobrança de falta. Aos 50min, o goleiro pentacolor Matheus, defendeu uma penalidade máxima cobrada por Márcio Tinga, do Avenida.

Com o placar de 2 a 1, o VEC conquistou a terceira vitória no Campeonato (duas em casa e uma fora), em dez rodadas.

No final da partida, o técnico Julinho Camargo, mais uma vez, queixou-se da atuação da arbitragem que não deu penalidade máxima a favor do VEC.

Já um dos diretores do Clube, Waldemar De Carli, afirmou que não foi um jogo bom e que não gostou da escalação da equipe. ?É a primeira vez em três anos que reclamo da atuação do técnico. Para mim, o time foi mau escalado e as substituições não surtiram efeito?, ressaltou ele.

O Veranópolis volta a entrar em campo no domingo, dia 15, às 19h, contra o Passo Fundo, em Passo Fundo. A equipe pentacolor tem 11 pontos, mesma pontuação do próximo adversário.

O Veranópolis foi a campo com Matheus, Afonso, Léo Dagostini, Jadson e Glauber; Marcos Rogério, Eduardinho, Luciano Amaral e Tulio Renan; David Dener e Erik. Já o Avenida entrou campo com Alexandre Villa; Elias, Léo Korte, Altair e Paulinho Araújo; Ramos, Jonata Escobar, Wellington e Miro Bahia; Paulinho Simionatto e Gabriel.

O árbitro da partida foi Jean Pierre Gonçalves Lima, auxiliado por Lucio Flor e André da Silva Bittencourt e Peterson Regert como 4º árbitro.

Fonte: www.veragora.com.br

Comentários

Deixe uma resposta